Sindicato dos Trabalhadores na Educação protocola representação no Ministério Público  contra o fechamento da Escola E. Tonico Batista

Manifestação realizada em frente a Escola E. Tonico Batista (Foto: Arquivo Juarez Martins)

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE-MG), subsede Patos de Minas protocolou representação no Ministério Público contra o fechamento da Escola Estadual Tonico Batista em Presidente Olegário.

O fechamento da Escola Estadual Tonico Batista criada há 54 anos, com cerca de 100 alunos e 27 servidores, foi anunciado pela Governo de Minas Gerais no final do mês de outubro e provocou manifestação das famílias afetadas pela decisão que fizeram manifestações.

A representação contra o fechamento da escola esta em fase de pedido de informações aos órgãos estaduais, para depois o Ministério Público decidir sobre o caso.

A secretaria de Estado da Educação em nota disse que o fechamento da escola partiu após análise do plano de atendimento.

PUBLICIDADE

Nota da Secretaria de Estado da Educação.

A partir da análise do plano de atendimento, a SEE/MG informa que a Escola Estadual Tonico Batista, em Presidente Olegário, será fundida com a Escola Estadual Farnese Maciel. Ambas as escolas ofertam os anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5° ano). Portanto, os alunos da Escola Estadual Tonico Batista serão matriculados na Escola Estadual Farnese Maciel, que está localizada a menos de 500 metros da escola em questão, sem prejuízo no atendimento dos estudantes do município.

Leia mais:

Professores da Escola E. Tonico Batista aderiram a paralisação na rede estadual de ensino

Governo de Minas anuncia fechamento da Escola Estadual Tonico Batista 

Professores e pais de alunos fazem manifestação contra o fechamento da Escola Estadual Tonico Batista

Governo de Minas poderá fechar a Escola Estadual Tonico Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *