Professores da Escola E. Tonico Batista aderiram a paralisação na rede estadual de ensino

Demais escolas alunos tem aula normal. Governo de Minas anunciou o fechamento do Tonico Batista para o ano de 2020.

Nesta quarta-feira (6), professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais fazem uma paralisação mobilizada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE-MG).

A categoria reivindica um plano de atendimento para 2020, o término do fechamento de turmas e turnos; e escolas, além do pagamento integral do 13º salário de 2019 e do piso salarial.

Em Presidente Olegário o Governo de Minas anunciou o fechamento da Escola Estadual Tonico Batista para o ano letivo de 2020. A escola fundada há 54 anos conta hoje com cerca de 100 alunos e 27 servidores.

Os professores e demais servidores da Escola Estadual Tonico Batista aderiram a paralisação convocada pelo Sind-UTE – MG. Levantamento feito pelo Pohoje, mostra que somente os funcionários do Tonico Batista participam da paralisação no município de Presidente Olegário, as demais escolas estaduais nenhum servidor aderiu e os alunos tem aula normal.

Em Belo Horizonte representantes do Sind-UTE – MG, participam de audiência pública na Comissão de Educação na Assembléia de Minas e uma vigília de pressão pelo pagamento integral do 13º de 2019 e do Piso Salarial Profissional, contra a municipalização, o fechamento de turnos e de escolas em Minas, entre elas a Escola E. Tonico Batista.

Outro lado 

5 respostas

  1. Vamos pontuar né pessoal se a Escola Tonico Batista não tem aluno nos anos iniciais é falta de gerência nas outras escolas alunos tem inclusive farnese. E olha que ja foi referência e nem sempre municipalizar é má coisa olha Carmem Celina é show de bola a escola.

  2. Parabéns aos professores que nao aderiram a paralisação a Escola Tonico não tem alunos e que compaixão dos colegas a para aí né.

  3. Alem de fechar os servidores qui pararam ainda vao ter que repor o dia ou terâo salarios cortados vao nessas de sindicato da categoria ficaram.4 anos parados com o pilantrel e agora apareceram tenha dó

  4. Não sei pra que tanto barulho pra fechar uma escola com 100 alunos e 27 funcionários. E o presidente Bolsonaro que quer fechar mais de mil municípios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP