Familiares de internos de Instituto de Reabilitação de dependentes químicos denunciam maus-tratos

Familiares de internos de Instituto de Reabilitação de dependentes químicos denunciam maus-tratos e agressões por funcionários do local. A Polícia Militar (PM) foi acionada e registrou uma ocorrência policial durante esta semana.

De acordo com a ocorrência policial, no estabelecimento localizado na zona rural de Presidente Olegário, próximo à MG -354, dois irmãos de um interno foram até o local, após ele relatar que estaria sofrendo maus-tratos nas dependências do instituto. 

Um dos irmãos que acionou a PM relatou que conversa com pelo menos oito internos, sendo um menor, os mesmos relataram estarem insatisfeitos com o tratamento que vem recebendo e estão dispostos a deixarem o local. 

Ainda de acordo com a ocorrência policial, foi relatado a insatisfação dos internos que alegarem que a alimentação não condiz com suas necessidades e que estariam sendo obrigados a comer restos de alimentos. 

--- Continua depois da publicidade ---

O coordenador da unidade relatou a PM que os internos teriam fugido para o mato, e que não ocorre maus-tratos, que alguns deles estariam querendo aproveitar a oportunidade para fugir.

Um sócio do Instituto relatou à Polícia Militar que o interno, irmão dos solicitantes estaria liberado para deixar o local, mas os demais seria necessário que haja manifestação dos familiares e que estaria disponibilizando aparelho telefônico para quem tivesse interesse em sair do local. 

A Vigilância Sanitária disse a reportagem do Pohoje, que o Instituto passou por troca de CNPJ e que a regularização está em andamento. O órgão informou ainda que o caso será apurado. 

Leia mais: Paciente de Clínica de Reabilitação do Alcoolismo denuncia que foi agredido por funcionários, em Presidente Olegário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cofe