14 de janeiro de 2019 - Por Juarez Martins

Sob forte comoção e homenagem do Samu e Bombeiros, pai e filho são sepultados em Presidente Olegário

O motorista do Samu Ronaldo Martins era natural do povoado de Taboca.

O veículo caiu em um Córrego, a esposa e o filho mais velho sobreviveram.

Pai e filhos sendo sepultados no Cemitério Municipal de Presidente Olegário (Foto: Aislan Henrique - Patos Agora)

Pai e filhos sendo sepultados no Cemitério Municipal de Presidente Olegário (Foto: Aislan Henrique – Patos Agora)

Os funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros fizeram um ato, na manhã desta segunda-feira (14), para homenagear o  motorista de ambulância do Samu que morreu junto com o filho, em um acidente no dia 12 de janeiro, em uma estrada vicinal no município de Guarda-Mor, Noroeste de Minas.

Ronaldo Donizetti Martins, de 43 anos, natural de Taboca, área rural de Presidente Olegário, e o filho Rafael Arantes Martins, 7 anos, faleceram após o veículo que eles estavam cai de uma uma ponte e cair no Córrego Melo.

A esposa de Ronaldo, Cláudia Alves Arantes, 36 anos, e o filho mais velho do casal, Eduardo Arantes Martins, de 11 anos, tiveram ferimentos leves. Cláudia conseguiu sair do veículo, e tirar os dois filhos, sendo que o mais novo não resistiu. O corpo de Ronaldo, foi retirado pelos Bombeiros uma vez que estava preso as ferragens. Segundo a Polícia Militar guarnição foi acionada cerca de 7h depois do acidente

“Ronaldinho”, como era conhecido no Samu, há pelo menos 10 anos, juntamente com o filho Rafael Arantes Martins, de 7 anos, foram sepultados na manhã desta segunda-feira (14), no Cemitério Municipal de Presidente Olegário sob forte comoção de familiares e amigos.

O cortejo com um sirinaço de viaturas do Samu e dos Bombeiros, foi acompanhado por familiares e amigos. Antes foi feita também homenagens no velório da Bom Pastor e na Igreja do Rosário onde foi celebrada uma missa de corpo de presente.  Pai e filho foram sepultados com a farda de trabalho de “Ronaldinho”.

Fotos: Aislan Henrique Patos Agora/Juarez Martins Pohoje.

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *