Polícia Civil prende em Presidente Olegário, acusado de estuprar e engravidar enteada de 13 anos, em Santa Cruz de Goiás

Ele foi preso em uma fazenda na região do Chapadão dos Corrêas.

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (11) um indivíduo de 37 anos, em uma fazenda na região do Chapadão dos Corrêas, município de Presidente Olegário. Ele é acusado e estuprar e engravidar a enteada de 13 anos.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Presidente Olegário Dr. Vinicius Volf Vaz o trabalho em equipe com a Delegacia da Polícia Civil de Santa Cruz de Goiás obteve êxito na prisão do indivíduo que é investigado pela prática do crime de estupro de vulnerável.

Segundo Dr. Vinicius Volf Vaz o crime aconteceu em Santa Cruz de Goiás/GO em 2019, quando o investigado manteve relação sexual com sua enteada, a qual contava à época com treze anos de idade, e a engravidou.

Ainda segundo o delegado há informações de que o investigado abusava sexualmente da vítima desde quando essa possuía oito anos de idade. “Após a adolescente dar à luz à criança, a mãe da adolescente a enviou, juntamente com a criança recém-nascida, para residir com familiares no Estado de Tocantins/TO, tendo o investigado e a mãe da vítima se mudado para o Estado de Minas Gerais, uma vez que o fato teve repercussão no município onde residiam”, disse Dr. Vinicius Volf Vaz.

Após investigação do caso a Polícia Civil de Goiás, representou pela decretação da prisão cautelar do investigado, sendo o pedido acolhido pelo Poder Judiciário, após manifestação favorável do Ministério Público.

Diante do pedido prisão cautelar  e compartilhamento de informações entre as polícias civis, a equipe da Delegacia de Presidente Olegário/MG obteve êxito em fazer a captura do investigado em uma fazenda na região do Chapadão dos Corrêas, área rural de Presidente Olegário onde o acusado residia tranquilamente com sua esposa, dando cumprimento ao mandado de prisão preventiva em seu desfavor.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP