Moradores reclamam de barulho até meia-noite em obra de reforma da Agência do Banco Brasil 

Uma ocorrência policial foi registrada.

Moradores do centro de Presidente Olegário, têm reclamado do excesso de barulho até meia-noite em uma obra de reforma da Agência do Banco do Brasil nos últimos dias. 

A agência fica localizada na Rua Felisberto Fonseca e o trabalho vai até à meia-noite todos os dias. Uma ocorrência policial foi registrada na Delegacia da Polícia Civil reclamando da perturbação do sossego. 

“Há vários dias, o pessoal está trabalhando à noite, encerrando o expediente por volta da meia noite, e é muito barulho com os maquinários, perturbando o sossego dos moradores vizinhos ao banco” relata um morador na ocorrência policial. 

Os moradores espera uma providência da instituição, para que cessem esses barulhos à noite. A sugestão é que o expediente termine às 22h, diminuindo assim a perturbação. 

Outro lado

Através de nota, a assessoria de comunicação do Banco do Brasil disse, que orienta as construtoras para que cessem qualquer ruído sempre antes das 22 horas, nas situações em que há a necessidade de obras após o horário comercial.

A assessoria acrescentou na nota que estas intervenções visam a melhoria do espaço para os clientes, mas de forma que não impossibilite o atendimento diurno, especialmente no caso de cidades que contam com poucas agências, como no caso de Presidente Olegário, que só possui uma unidade do Banco.

Ainda de acordo com a nota, o Banco informou que a orientação foi reforçada junto à construtora que realiza a obra. A Prefeitura foi procurada, mas até o fechamento da reportagem não respondeu aos questionamentos.

2 respostas

  1. Concordo até 22h né, mas esses moradores do centro acabam com a cidade e são poucos moradores, acabaram com o carnaval na praça independência, tentaram fechar a feira livre do produtor dia de quarta-feira, agora essa do barulho do banco, aff

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP