Após espera, idosa com “Chagas no Esôfago” consegue internação

Ela foi internada no Hospital Regional.
Dona Belmira Mendes da Silva internada no Hospital Regional

Depois de um mês de espera, uma idosa de 68 anos de Presidente Olegário, com “Chagas no Esôfago”, conseguiu uma vaga de internação nesta quinta-feira (21) em um hospital.

Belmira Mendes da Silva, 68 anos, foi diagnosticada com uma Chagas no Esófago “estreitamento do esófago”, e foi internada  para avaliação para uma procedimento cirúrgico.

Na quarta-feira (20), o juiz da Comarca de Presidente Olegário, Manoel Carlos de Gouveia Soares Neto, concedeu liminar determinado que a Prefeitura Municipal  fizesse o cadastro da idosa no SUS Fácil no prazo máximo de 30 dias.

A liminar foi impetrada pelo advogado, Dalci Maciel de Oliveira, que não cobrou honorários da família. A idosa estava cadastrada no SUS Fácil desde 19 de fevereiro, quando foi negado o pedido de cirurgia nas cidades de Patos de Minas e Belo Horizonte, na noite desta quinta-feira (21), ela  conseguiu uma vaga para internação no Hospital Regional Antônio Dias na cidade de Patos de Minas, a data para o procedimento cirúrgico não está definida.

Povo Solidário

No dia 8 de março, o Pohoje, publicou reportagem sobre o caso de Dona Belmira Mendes da Silva, na ocasião a família pedia ajuda a população para doação de suplemento nutricional “Isosource Soya” que custa entre R$ 26 e R$ 28 a caixa e a família não tem condições de comprar.  Com isso, o gasto total mensal apenas com esse suplemento fica entre R$ 780 e  R$ 840, o que não cabe na renda familiar de R$ 1,2 mil, a população fez inúmeras doações.

Leia mais:

Família pede ajuda para comprar suplemento nutricional para idosa com Chagas no Esôfago 

Justiça concede liminar para que prefeitura realize cirurgia em idosa com Chagas no Esôfago 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP