Vereadores Mané Capelobo e Tião Alvarino apresentam projeto de redução de salários do prefeito, vice, vereadores e secretários municipais

Proposta reduz os salários dos agentes políticos em 50%. Caso projeto seja aprovado, economia será de cerca de R$ 3 milhões e 867 mil.
Vereador Mané Capelobo (PT) e Tião Alvarino (PP)/Foto: Cedida pela Câmara Municipal
Vereador Mané Capelobo (PT) e Tião Alvarino (PP)/Foto: Cedida pela Câmara Municipal

A Câmara Municipal de recebeu esta semana o projeto que propõe a redução dos salários de vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretariado do município do Município de Presidente Olegário que tem 19.469 habitantes.

A intenção dos vereadores é reduzir gastos e ajudar na contenção de gastos. Caso o projeto seja aprovado, a economia para os cofres públicos do município será de R$ 3 milhões e 867 mil na legislatura.

A Lei Orçamentária é votada a cada quatro anos. Com isso, se aprovado, o projeto passará efetivamente a valer a partir do próximo mandato, em 2017. O projeto passará pelas comissões de avaliação de: Justiça e Redação; e Finanças e Orçamento. O projeto será apreciado na reunião do dia 16 de maio.

Os vereadores Mané Capelobo (PT) e Tião Alvarino (PP) são os autores do projeto. Segundo eles é preciso cortar gastos em tempos de crise. “Vamos economizar cerca de R$ 3 milhões no mandato do prefeito, vice, 11 parlamentares, 10 secretários municipais e um do legislativo”, destacou os vereadores.

“Devido as dificuldades financeiras que o município se encontra é dever dos agentes políticos buscar alternativa para as demandas e prioridades dos cidadãos em nosso município, tendo em vista o que nos levou a elaborar projeto. Pois tal medida está vindo de encontro ao clamor dos cidadãos de nosso município, pois esse montante é economizado com a redução do subsídio dos agentes políticos e poderá ser investido em saúde e educação” justificou os vereadores no projeto.

Caso a proposta seja aprovada, a partir do próximo mandato os salários dos agentes políticos terão uma redução de 50%. O salário pago ao prefeito, vai cair de R$ 12.095,08 para R$ 6.047,54, o vencimento do vice-prefeito passa de R$ 8.024,27 para R$ 4.012,13, os vereadores que recebem atualmente R$ 5.988,25 passariam a receber R$ 2.994,12 e os secretários municipais e legislativo que tem o vencimento de R$ 4.191,78 cai para R$ 2,095,89.

 

23 respostas

  1. Eiiiiiiiiiiiiiiiiii seu Mané Capelobo, ja pensou se esse projeto fosse realmente verdade? Se não fosse apenas uma campanha eleitoreira para o próximo pleito que se aproxima? São 11 vereadores certo? Já elaboram o projeto combinado: 5 votam a favor e outro 6 votam contra. Se perguntarmos aos 11 vereadores separadamente todos dirão que votaram a favor, e misteriosamente apareceram 6 votos contra. Por favor, parem de enganar o povo elaborando projetos que jamais serão aprovados, pois ninguém no meio corrupto, digo político, neste país atira contra o próprio pé. Ninguém ira aprovar redução do próprio salário, elabore um projeto duplicando os vencimentos de toda a administração, ai sim, com toda certeza, com toda a convicção do mundo, este projeto será aprovado com unanimidade por 11 a 0. O povo ta deixando de ser trouxa e acreditar em balelas. Já se foi o tempo em que distribuir balinha doce e pirulito, convencia o eleitor de que eras um ótimo candidato. Tens aqui a grande oportunidade de mostrar não somente pra mim, mas para toda a população da nossa querida Presidente Olegário que estamos errados com a atual câmara de vereadores.
    Que são vereadores íntegros honestos, e que realmente trabalham para a grandeza de nosso município. APROVEM O TAL PROJETO DE REDUÇÃO DOS SALÁRIOS, e eu humildemente aqui direi: ESTÁVAMOS ERRADOS AO FAZER TAL JULGAMENTO. Ai sim terás o meu voto. Mas não nos deixe decepcionado, confirmando o que ja sabemos antecipadamente.

  2. Então mais se para economizar ,vamos aprovar pra sim que for aprovado é publicado pelo Sr prefeito ainda esse ano entrar em vigor não apartir de 2017 é o q penso!ed

  3. eu iria mais além. O prefeito, como dedica tempo integral à administração, seria remunerado. Com um salário menor, é verdade. Mas. os vereadores, que se reúnem apenas de 15 em 15 dias, fariam trabalho voluntário, sem remuneração.

  4. Pessoal ta comentando sem ler e ter conhecimento “A Lei Orçamentária é votada a cada quatro anos”. Os dois vereadores podem até tirar proveito do projeto claro. Mais os vereadores atuais não podem fixar salário pra eles mesmo dentro do mandato. O que podem é reajustar de acordo com o índice de inflação. A legislação determina que atual legislatura é quem fixa o salário para a próxima. Intão dentro da legislatura eles não podem baixar e nem fixar outro salário para mais. Como é Lei e atual legislatura finda em dezembro é essa que fixa para os próximos vereadores, prefeito, vice.

  5. Pode ser eleitoreiro mais sempre que ta cortando gastos é bem vindo. Aliás o que o prefeito tem feito pra cortar gastos. Porque a folha de pagamento ta em 54% limite estourado se não tiver passado disso. Ficou 3 anos e 4 meses empregando e dizendo que a culpa é da Dilma e do governador Pimentel que alias o prefeito e os seus votaram o prefeito sempre jogou o problema a crise mais de concreto num fez nada so empregos. Reduzindo em 50% será uma economia considerável nos próximos quatro anos.

  6. Puramente ação eleitoreira, mesmo não sendo aprovada vão dizer que queriam abaixar e tal. porque não fizeram isso a mais tempo? Outra, sera que vão ser candidatos? cortar os próprios salários? é muito estranho.
    Outra, duvido que um destes vereadores atuais se reelejam.

  7. O Reis Teles disse na Regional FM na sexta-feira que esse projeto de redução de salários do executivo e legislativo era dele. São dois projetos que vão para a comissão de justiça????

    1. O Abaixo assinado a que se refere João, nem foi aceito na secretaria da câmara, não era época de eleição, agora que ta chegando eles vem com essa. Nao vai passar e vão se passar de coitadinhos, meu voto estes dois ai não tem, e sei também que muita gente não vai votar justamente por isso, enganar o eleitor na época de eleições.

      1. Ah é. Poise não é, quando aparece alguém que tenha coragem de propor retirar a teta dos bezerros, os puxa sacos se revoltam.

        1. Retirar a teta dos bezerros? Quer dizer que os tais veredores ficam os 4 anos vendo que ganham super bem por nao fazerem nada e só depois que tá em período eleitoral querendo votos, só depois que já mamaram muito nestas mesmas tetas que vc tanto menciona é que eles vem com esta idéia? Toma vergonha nessa cara vc que tanto defende estes vereadores. Será que vc é cego e não enxerga que enquanto eles tão no poder eles podem ganhar quase 6 mil reais por mês sem fazer nada e agora em época politica eles vem com isso? Porque não fizeram isso no inicio do mandado? Deixar salário menor para os próximos eleitos é fácil demais quero ver ser macho o suficiente para fazer isso no inicio. Vc acha que a crise tá só agora? Ela vem de antes, e não é justo nenhum dos vereadores deste municipio ganhar tão bem assim e ainda querem diminuir os salários dos secretários também, sendo que é um dos cargos que mais come o pão que o diabo amassou em uma adminstração, eu quero que vc prove que cargo de secretariado não trabalha muito, quero que vc prove, e ao contrário de todos os outros que estes dois vereadores citaram, os secretários são os únicos que a população não escolhe, vcs sim e deveriam saber que a batata de vcs estão assando. Vcs citando diminuição também de salários dos secretários só PROVA o quanto vcs os perseguem, mas Deus é muito justo e vcs vão pagar por cada coisa errada que vcs fazem. Vcs dois vereadores deste projeto deveriam ter vergonha na cara e se cuidem porque nem os parentes de vcs vão votar em vcs este ano de tanta coisa ruim que vcs fizeram.

          1. Liliane, não sei se você não conhece os preceitos de lei orçamentária em relação aos salários dos vereadores no que concerne em a não autoridade dos mesmos em alterar os seus salários para mais ou para menos dentro do exercício para o qual foram eleitos. Os dois vereadores que propuseram o projeto não participaram do mandato anterior, pergunte para os que estavam e foram reeleitos o porque de eles não terem proposto um projeto assim para esse mandato atual. Cortar verbas desnecessárias é sempre uma atitude bem vinda. SE TOCA! Mesmo que eles quisessem ele não teriam autoridade para reduzir seus salários no início de seus mandatos, mas sim se o mandato anterior tivesse proposto isso.
            E quanto aos secretários, vamos pensar, temos uma secretária de Educação formada em Engenharia (me diz o que tem a ver com c… com a calça?), temos uma secretária de saúde que faz a população comer o pão que o diabo amassou, temos e tivemos secretários de estradas e obras que até roubar dinheiro de cascalho roubavam, temos quase 90% dos secretários sem formação superior ou com formação superior adversa ao cargo para o qual foram convocados. Me ajuda em falar que algum desses merece um salário de quase R$ 4200,00.
            ACEITA QUE DÓI MENOS

  8. ESSE P.O TÁ UMA VERGONHA COM ESTES VEREADORES DE MERDA. JUNTA TUDO NUM SALVA UM. JÁ ESTAMOS ATÉ ORGANIZANDO UMA CAMPANHA CHAMADA “NÃO VAMOS REELEGER NENHUM DOS VEREADORES ATUAIS”. TÁ NA HORA DE TROCAR TUDO. UM LIMPA IREMOS FAZER.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP