Somente uma agência bancária cumpre a Lei e coloca dispositivos de segurança 

Única agência que cumpriu a Lei

Com objetivo de evitar explosões de caixas eletrônicos o comandante do 4º Pelotão da Polícia Militar (PM) de Presidente Olegário, tenente Heitor Santoro, sugeriu ao Executivo Municipal  um projeto para tornar obrigatório a colocação de dispositivos de segurança nas agências bancárias para dificultar ação de quadrilhas especializadas.

O projeto foi enviado para a Câmara Municipal e virou Lei em julho de 2017, só que até o momento somente uma agência está cumprindo a Lei.

Pela Lei os bancos tinha o prazo de 120 dias para colocar portas ou grades de aços nas fachadas externas das agências, para dificultar ação criminosa o prazo terminou em novembro do ano passado.

A cidade não tem nenhum registro desse tipo de crime a medida é de prevenção. A proteção seria usada após o horário de fechamento dos caixas eletrônicos.

Segundo o comandante Santoro apenas a agência do Sicoob no centro de Presidente Olegário que instalou o dispositivo dentro do prazo estabelecido. As agências do Banco Brasil, Itaú e Bradesco não se adequaram.

Pela Lei a agência que não cumprir deve ser multada e em caso de reincidência  o valor da multa dobra e o alvará de funcionamento é cassado. A multa é de R$ 40 mil podendo chegar a R$ 80 mil em caso de reincidências e cassação do alvará de funcionamento.

Os bancos

O Pohoje até o fechamento da reportagem não conseguiu contato com assessoria das agências Banco do Brasil, Bradesco e Itaú para falar do não cumprimento da Lei em Presidente Olegário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *