15 de fevereiro de 2018 - Por Juarez Martins

Sargento do Corpo de Bombeiros natural de Presidente Olegário morre afogado

Paulo Francisco Pereira Filho, com mais de 20 anos de profissão, fazia treinamento.

Corpo ainda não foi retirado da represa.

Vítima sargento Filho

Um treinamento do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais terminou em morte, ontem. O terceiro sargento Paulo Francisco Pereira Filho, de 42 anos de idade, natural de Presidente Olegário, 23 de corporação, foi a vítima.

O sargento Filho e o soldado Santana fazia treinamentos em uma represa distante cerca de 30 km de Paracatu, Noroeste de Minas, quando aconteceu o afogamento.

De acordo com os Bombeiros, o sargento demorou voltar à superfície, quando puxou a corda sinalizando uma emergência. O colega de  farda, soldado Santana, entrou na represa e encontrou a vítima sendo “sugado” por um cano  sucção de oito polegadas.

O soldado não conseguiu retira-lo devido a pressão da sucção do cano. Sargento Filho morreu no local. Outras guarnições trabalham no local para resgatar o corpo da vítima.

Sargento Filho era lotado 4 º Pelotão da Companhia Independente de Bombeiros Militar sediado na cidade de Paracatu. O corpo do sargento ainda não retirado da represa, as buscas foram suspensas e retomam na manhã desta quinta-feira (15).

O comandante geral do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, coronel Cláudio Roberto, lamentou o falecimento e se pronunciou por meio de nota:

“Neste momento de muita dor, toda a corporação presta suas condolências à família do militar. Rogamos a Deus que conforte os parentes, amigos e companheiros de farda com muita força e paz. O CBMMG presta todo o apoio necessário à família.”

Vítima sargento Filho

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *