Presidente Olegário tem mais de 270 títulos cancelados pela Justiça Eleitoral

Presidente Olegário teve 274 títulos cancelados pela Justiça Eleitoral por ausência nas três últimas eleições. A 230ª Zona Eleitoral tem três municípios Presidente Olegário, Lagoa Grande e Lagamar. Os dados foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em Presidente Olegário são 16.539 eleitores destes, 274 tiveram o título cancelado pelo TSE. Na cidade de Lagoa Grande com 7.122 eleitores, 81 títulos foram cancelados e em Lagamar foram 62 cancelamentos, Lagamar tem 6.465 eleitores.

Como regularizar

O eleitor que teve o título cancelado deverá pagar uma multa no valor de R$ 3,51 por turno faltante. Em seguida, poderá fazer a regularização da situação no cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.

A regularização do título cancelado só será possível se não houver nenhuma circunstância que impeça a quitação eleitoral, como omissão de prestação de contas de campanha e perda ou suspensão de direitos políticos, por exemplo.

O eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para inscrição, investidura e nomeação em concurso público; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado, entre outras.

Consulta

O eleitor pode consultar se teve o título cancelado no site do TSE na área de “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título” ou comparecer ao cartório eleitoral com um documento de identificação com foto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *