Presidente Olegário é contemplada com o Pró-Mananciais da Copasa

Coletivo Local de Meio Ambiente ajudará no diagnóstico e execução de ações de proteção ambiental

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) promoveu, na manhã desta terça-feira (07/06), em Presidente Olegário, a formação do Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia). O grupo tem como objetivo ajudar no diagnóstico e elaboração de ações que por meio do Pró-Mananciais, programa da Companhia que visa à preservação e recuperação de nascentes, contribuirão para a segurança hídrica ao longo prazo.

O evento foi realizado no salão da cozinha comunitária da cidade

e contou com a presença de autoridades locais. Além de oficializar a formação do grupo, também foi instaurado o regimento interno e definida a diretoria executiva, composta por Fauster Bernardes, membro da equipe socioambiental da Copasa, como secretário, e por Júlio dos Reis Pereira, vice-prefeito da cidade, como coordenador.

Na oportunidade, representantes da Copasa explicaram aos presentes que os Colmeias são formados para executar de maneira eficiente as ações do Pró-Mananciais e que são responsáveis por analisar a situação do município e propor planos de ações para solucionar problemas nas comunidades próximas às microbacias.

Fauster Bernardes exemplificou como a organização pode atuar. “O coletivo avalia a necessidade de cercamento de nascentes e reservas, viabilidade de adequação de estradas, possibilidade de plantio de mudas, demandas para construção de aceiros, curvas de nível e bolsões, entre outras atividades que demandam a realização das atividades

desenvolvidas pelo Pró-Mananciais”, ressaltou.

Integram o Colmeia de Presidente Olegário as secretarias municiais de Agricultura e Meio Ambiente; e de Educação; a Câmara Municipal de Vereadores; a Defesa Civil e o Rotary Clube. Nos próximos dias uma nova reunião será marcada para que os integrantes possam definir as datas para visitações às áreas rurais do município, localizadas na Microbacia do Ribeirão Três Barras, manancial que abastece a cidade.

Sobre o Pró-Mananciais

Criado em 2017, o Pró-Mananciais visa proteger e recuperar as microbacias hidrográficas e as áreas de recarga dos aquíferos utilizados na captação de água para tratamento e distribuição ao público.

Atua na mobilização da comunidade e de instituições parceiras, com o objetivo de construir coletivamente o sentimento de pertencimento da população à microbacia da região onde está inserida.

A iniciativa conta com aprovação da Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG) e está presente

275 municípios em que a companhia detém a concessão dos serviços.

A atuação socioambiental da Copasa é pautada na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e em seus respectivos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além dos dez princípios do Pacto Global. O Pró-Mananciais integra o ODS 15 que consiste em proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação

da terra, evitando a perda da biodiversidade.

O programa integra ainda a Agenda ESG da Copasa, sigla que se refere às questões ambientais, sociais e de governança corporativa. Esse termo tornou-se uma forma de se referir ao que empresas e entidades estão fazendo para serem socialmente responsáveis, ambientalmente sustentáveis e administradas de forma correta.

Fonte e foto: Assessoria de Comunicação da Copasa.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP