Prepare o bolso: Postos de combustíveis repassam o aumento de preços do diesel e da gasolina para o consumidor

Aumento foi de R$ 0,70 no litro do diesel e R$ 0,20 na gasolina.

A manhã deste sábado (18), foi de aumento para os consumidores de combustíveis em Presidente Olegário. Os postos repassaram o reajuste ao consumidor final. O diesel subiu R$ 0,70 e gasolina R$ 0,20. Etanol não teve alta. 

A Petrobras anunciou reajustes nos preços do diesel e da gasolina nesta sexta-feira (17), com entrada em vigor  neste sábado (18) para as distribuidoras e hoje o aumentou já foi repassado ao consumidor no município de Presidente Olegário. 

A estatal não reajustava o preço da gasolina há 99 dias, desde 11 de março. O último reajuste do diesel foi em 10 de maio, um intervalo de 39 dias.

Com o novo aumento a gasolina comum que o litro custava R$ 7,59 à vista foi para R$ 7,79 o litro. Já a gasolina aditivada de R$ 7,69 passou para R$ 7,89.

O preço do diesel comum que era negociado à R$ 6,94 à vista agora é vendido à R$ 7,64 o litro. Já o disel S10 de R$ 7,09 foi para R$ 7,79. O etanol não teve reajuste, o litro custa R$ 4,99 nas bombas. 

Em nota, a empresa afirmou que há uma defasagem nos valores em relação ao mercado internacional. A Petrobras afirmou que é sensível ao momento que o Brasil e o mundo estão enfrentando e compreende os reflexos que os preços dos combustíveis têm na vida dos cidadãos.

Reiterou o compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, e disse que evita repassar de imediato para os preços internos as variações internacionais e da taxa de câmbio.

A Petrobras justificou os aumentos dizendo que os preços estão defasados em relação ao mercado internacional. Desde 2016, a Petrobras segue a política de paridade aprovada no estatuto da companhia. Ou seja, os preços no Brasil acompanham os preços internacionais, que são em dólar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP