Polícia de Meio Ambiente apreende 356 metros de redes de pesca

A Polícia Militar de Meio Ambiente apreendeu quinze redes de pesca, medindo 356 metros lineares, armadas nos rios da Prata e Paracatuzinho, nos municípios de Presidente Olegário durante fiscalização de Combate a Pesca Predatória. Ninguém foi preso.

A ação ocorre durante o  período da Piracema, duas equipes foram montadas nos principais pontos dos rios dos dois municípios. Além dos 356 metros de rede, foram apreendidos, 5 espinhéis, 8 pindas, 1 tarrafa e uma fisga.

Segundo o comandante da Polícia de Meio Ambiente, tenente Vidal, o objetivo é reprimir a pesca predatória e também preservar a fauna aquática.

O comandantes destacou que durante o patrulhamento embarcado, no local conhecido por Pontal da Prata (ponto de encontro com o Rio Paracatu), os militares utilizaram uma “garratéia” (amarrada na embarcação) e lograram êxito em localizar redes submersas.

“Esses aparelhos de pesca encontravam-se amarrados de uma margem a outra e estavam atravessando toda a calha do rio. Cerca todo o Rio e impede totalmente a passagem de cardumes” disse tenente Vidal.

Ainda segundo tenente Vidal, estão sendo realizados levantamentos com objetivo de identificar os infratores que identificados responderão pelo crime ambiental.

Um comentário em “Polícia de Meio Ambiente apreende 356 metros de redes de pesca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *