30 de novembro de 2018 - Por Juarez Martins

Polícia Civil prende suspeito e apreende menor por assalto a relojoaria em plena luz do dia

Suspeitos deram prejuízo de R$ 130 mil nos assaltos em PO e Patos de Minas.

Um menor de 17 anos, foi apreendido no Andorinhas.

Paulo Henrique Porto Silva “Capanga”, 22 anos, suspeito (Foto: Divulgação Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu, um suspeito de assaltar uma relojoaria em plena luz do dia no centro de Presidente Olegário. Um menor suspeito está foragido.

Paulo Henrique Porto Silva “Capanga”, 22 anos e um menor de 17 anos participaram do assalto a relojoaria. A prisão preventiva de Capanga foi decretada pela Justiça. O menor que estava foragido e teve o pedido de internação decretada foi apreendido nesta sexta-feira (30), no bairro Andorinhas.

Segundo o delegado, Dr. Vinicius Volf Vaz além do assalto em Presidente Olegário no dia 19 de novembro, eles são suspeitos de um assalto ocorrido na cidade de Patos de Minas no dia 8 de novembro. O prejuízo foi de R$ 130 mil, sendo R$ 120 mil da relojoaria Marques e R$ 10 mil da relojoaria Ideal de Presidente Olegário.

Parte dos produtos roubados na relojoaria de Presidente Olegário foram encontrados na casa do suspeito “Capanga”. Já os produtos roubados em Patos de Minas não foram encontrados.

O suspeito Paulo Henrique Porto Silva “Capanga”, 22 anos, natural de Patos de Minas foi autuado e levado para o presídio. Ele tem várias passagens pela polícia.

O roubo

No dia 19 de novembro, em plena luz do dia dois indivíduos de capacete e um com uma arma de fogo rendeu uma funcionária do estabelecimento e um cliente que chegava no local.

O cliente e a funcionária sob ameaça dos bandidos com uma arma apontada, roubaram as peças de pequeno e grande valor.  Além das joias, eles levaram, também, relógios do comércio. O valor contabilizado do prejuízo é de R$ 10 mil.

 

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *