Parada há 20 meses, obra da Estação de Tratamento de Esgoto será reiniciada

Governo liberou R$ 1,2 milhão para o município.
Obra da ETE parada desde novembro 2016

Os trabalhos do saneamento básico em Presidente Olegário pararam por 20 meses por falta de repasse da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), com relação a terceira medição. A obra será reiniciada nos próximos dias, na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) localizada próximo ao bairro Andorinhas.

Segundo o prefeito o prefeito João Carlos Castilho, foi depositado nesta segunda-feira (11) a terceira parcela da obra pelo Governo Federal na ordem de R$ 1.276.204,44

De acordo com o prefeito a obra ficou parada por 20 meses devido à falta de repasse e será finalizada pelo município. Até 2016, foram gastos cerca de  R$ 2,2 milhões.

Segundo João Carlos Castilho com o valor liberado será finalizado o reator UASB e do filtro possibilitando o inicio do tratamento do esgoto.

Ainda segundo o prefeito o Governo Federal terá que repassar a última parcela para finalizar a obra no valor de R$ 850.802,96

O município já está elaborando projeto para colocar energia no local o investimento com recursos próprios do município  será de cerca de R$ 300 mil.

2 respostas

  1. É verdade. Pode ter mau cheiro. Há formas de atenuar ,se acontecer. Como foi concebida e iniciada na gestão passada, não há jeito mais de mudá-la de local. Mas é uma obra importante e necessário se faz acabá-la, para que não se deteriore e se perca mais dinheiro. Parabéns ao prefeito pelo empenho na liberação dos recursos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP