Militar salva bebê de 2 dias engasgada após avó pedir socorro 

Soldado Marques foi a residência da bebê fazer uma visita (foto: divulgação PM)

Uma bebê recém-nascida foi salva com ajuda de policiais militares após se engasgar, no bairro Planalto, em Lagoa Grande, Noroeste de Minas esta semana. O soldados Marques e Braga atenderam o chamado por socorro.

O soldado Dannilo Marques dos Santos “soldado Marques” do Destacamento da Polícia Militar (PM), disse que atendia uma ocorrência no bairro quando ouviu gritos de socorro. ” Era uma avó com a neta recém-nascida nos braços que não conseguia respirar”, disse o soldado Marques.

“Peguei a bebê de de dois dias e percebi que ela estava engasgada. Nesse momento, apresentei uma tranquilidade que até eu fiquei surpreso, fiz o procedimento conhecido como “manobra de Heimlich” logo a criança começou a chorar e respirar, o soldado Braga conduziu a viatura para o Hospital no trajeto a bebê  voltou a engasgar, fiz o mesmo procedimento e ela respirou” diz o soldado Marques.

A bebê foi atendida no Hospital Municipal de Lagoa Grande, ela recebeu atendimento e passa bem a suspeita que ela possa ter engasgado com leite materno ou com a saliva. O soldado diz que foi a primeira vez que ele e a companheiro de serviço “soldado “Braga”atenderam uma ocorrência de criança engasgada desde que entraram para a corporação há quase 4 anos.

--- Continua depois da publicidade ---

Neste sábado (13) durante seu turno de serviço o soldado Marques foi até a residência da pequena Anna Sarah  fazer uma visita que está bem. “Abençoado eu fui, de tamanha coincidência de nossa guarnição estar em frente à residência da família e de como eu estava preparado para esse momento, mesmo eu nunca tendo realizado esse procedimento em um ser tão vulnerável”, disse o soldado Marques”.

“Manobra de Heimlich”

“Manobra de Heimlich” é uma técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia, provocada por qualquer tipo de corpo estranho que fique entalado nas vias respiratórias, impedindo a pessoa de respirar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cofe