Incêndio destrói reserva ambiental no Chapadão de São Pedro

De acordo com o Corpo de Bombeiros incêndios aumentaram 17% na região.

Dois incêndios neste final de semana destruiu uma grande área de reserva ambiental no Chapadão de São Pedro, Distrito de Ponte Firme, em Presidente Olegário. Funcionários de fazendas e voluntários se mobilizaram para conter as chamas.

No sábado (19), um incêndio iniciou no Chapadão de São Pedro destruindo reserva e espalhou para outra reserva ambiental e biológica na Vereda Grande destruindo a vegetação. As chamas foram controladas por funcionários de fazenda usando pipas e tratores. Clique aqui e veja o vídeo.

Já na noite deste domingo (20), foi registrado um incêndio em uma Serra que da acesso ao Distrito de Ponte Firme na MG -410, voluntários mobilizaram para conter as chamas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a região do Alto Paranaíba e Noroeste de Minas, até o mês de agosto, ocorreu um aumento de cerca de 17% de registros de incêndio. Este ano até o mês de agosto, foram registrados 403 ocorrências, no mesmo período em 2019, foram 343 registros.

Alerta dos Bombeiros

 O Corpo de Bombeiros orienta a população da cidade e das propriedades rurais sobre os riscos das queimadas devido ao agravamento da seca e aumento da temperatura e dos ventos.

A queimada além de trazer sérios riscos aos transeuntes de rodovias e estradas vicinais, lotes vagos, os incêndios em áreas rurais e na cidade ainda trazem prejuízos à fauna e à flora. Com o período da seca é importante que a população redobre a atenção e tome medidas preventivas para não se tornarem vítimas.

Queimadas na cidade

Na cidade, caso seja vizinho de lotes vagos, o ideal é não jogar lixo nos mesmos, e caso o proprietário não tome as medidas previstas pelo código de postura do município (manter lote limpo), faça ao longo da divisa um aceiro para proteção da sua edificação.

Propriedade rural 

Na zona rural e nas margens das rodovias, o maior aliado na proteção contra a propagação dos incêndios e também o maior facilitador dos trabalhos de combate às chamas é o aceiro que é uma medida preventiva caracterizada pela criação de uma faixa sem vegetação medindo de 1 a 2 metros de largura em torno das cercas de divisas, plantações, currais, reservas florestais, casas, galpões entre outros bens.

Com o aceiro consegue-se compartimentar as áreas impedindo ou dificultando a propagação do incêndio e criando pontos a partir dos quais os Bombeiros podem iniciar o combate às chamas.

Queima de lixo é proibida

Assim como na área urbana, também é proibido queimar lixo em fazendas e fazer limpeza de áreas rurais utilizando o fogo, visto que estas práticas frequentemente acabam por gerar grandes incêndios florestais.

Essas medidas trarão segurança, porém devemos conscientizar de que a queimada traz inúmeros prejuízos e utilizarmos de métodos diferentes para solução de problemas como limpeza de áreas e descarte correto de lixo.

Queimada é crime

Vale ressaltar que queimada é crime, caso observe alguém realizando esse tipo de ação acione a Policia Militar através do telefone 190. Em casos de queimadas, o Corpo de Bombeiros poderá ser acionado através do telefone 193 para extinção do incêndio. “Bombeiro. O Amigo Certo nas Horas Incertas!”.

Colaborou com fotos e vídeo: Ciro Inácio/Tianinha Moreira.

Uma resposta

  1. Já observaram que esses incêndios que estão acontecendo Brasil a fora estão surgindo do nada?
    Ninguém passa perto pra depois poder alegar que seja uma bituca de cigarro ou algo incidental.
    Esses incêndios vc começaram em locais que poucas pessoas tem acesso ou as vezes ninguem mesmo. É muito estranho isso!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP