Governo de Minas anuncia retomada do Ensino integral e vagas são cortadas pela metade em Presidente Olegário

A Secretaria de Estado da Educação (SEE) anunciou a retomada da Educação Integral nas escolas estaduais de Minas Gerais após o governo de Minas ter suspendido turmas para cortar gastos. Em Presidente Olegário 315 estudantes ficaram sem o programa e 31 servidores sem o emprego.

O novo programa, além das matérias regulares da base comum, os alunos vão ter aulas de projeto de vida, cultura e saberes em arte, educação para cidadania, laboratório de matemática, ciências e tecnologia, entre outras disciplinas que passam a fazer parte da matriz pedagógica.

Em Presidente Olegário o programa vai ofertar 135 vagas em 3 escolas estaduais. Escola E. Tonico Batista (50), Escola Estadual Farnese Maciel (50) e a Escola Estadual de Ponte Firme (35) – Distrito de Ponte Firme -.

Mesmo com a retomada as escolas ainda tiveram as vagas reduzidas pela metade. Além do corte pela metade das vagas na 3 escolas o governo não incluiu a Escola Estadual Padre José Andre Caldeira Coimbra na Educação Integral, o que deve ocorrer em fevereiro de 2020.

A direção das escolas contempladas informaram ao Pohoje que ainda não foi divulgado qual será o critério para os alunos participar do programa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *