Funcionários dos Correios em Presidente Olegário voltam aos trabalhos após 35 dias de greve

Decisão foi tomada em assembleia no Sindicato da Categoria.
Agência dos Correios em Presidente Olegário

Após 35 dias em greve, os funcionários dos Correios voltam aos trabalhos nesta quarta-feira (23), em Presidente Olegário.

Nesta quarta-feira (23), todos os funcionários em greve na agência de Presidente Olegário voltaram aos trabalhos. A decisão foi tomada na noite desta terça-feira (22), em assembleia do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e Similares de Uberaba e Região (Sintect-URA). 

Em nota os Correios informou que 92,7% dos empregados dos Correios haviam retornado ao trabalho na terça-feira (22) e a estatal aguarda o fechamento dos dados desta quarta-feira (23). (Nota no final da reportagem).

O Pohoje fez contato por e-mail com Sindicato da classe, mas até o fechamento da reportagem não obteve respostas.

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou na segunda (21) um reajuste de 2,6%. Entretanto, a categoria teve a perda de 70 das 79 cláusulas do acordo coletivo de trabalho, o que corresponde a 40% a menos no salário.

Nota dos Correios

Nessa terça-feira (22), a maior parte dos empregados dos Correios que havia aderido à paralisação parcial retornou ao trabalho. Segundo sistema de monitoramento da empresa, 92,7% dos empregados dos Correios trabalharam normalmente. A estatal aguarda o fechamento dos dados desta quarta-feira.

Os Correios seguem executando o plano de continuidade do negócio, com a realização de mutirões de entrega, inclusive em fins de semana e feriados, com o objetivo de reduzir os efeitos da paralisação parcial dos empregados à população. A empresa agora empreenderá todos os esforços para recompor os índices de eficiência dos produtos e serviços, considerados essenciais, nesse momento em que a população brasileira mais precisa. A empresa não fornece dados segmentados da operação porque essas informações variam constantemente.

A rede de atendimento permanece aberta e os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam disponíveis. As postagens com hora marcada permanecem temporariamente suspensas – medida em vigor desde o anúncio da pandemia.

Com a compensação das horas não trabalhadas, medida determinada pelo Tribunal Superior do Trabalho, a empresa ampliará a capacidade operacional e pretende normalizar o mais rápido possível o fluxo de entregas de cartas e encomendas, em todo país.

Uma resposta

  1. Deixo claro e público meus parabéns. O único órgão de comunicação que foi fiel na sua publicação e deu toda cobertura a nossa luta! Parabéns mais uma vez e obrigado pela veracidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP