Estudo da bacia do Rio da Prata vai propor estratégias de melhor uso e desenvolvimento sustentável em Presidente Olegário

Evento nesta quarta-feira (20) no Clube Buritis.

Rio da Prata (foto: divulgação Sebrae)Um estudo que vai avaliar a bacia do Rio da Prata, em Presidente Olegário, sera lançado na manhã desta quarta-feira (20), no Clube Buritis. Para participar faça sua inscrição e participar, clique aqui.

A intenção é realizar o diagnóstico de Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP) para o desenvolvimento de estratégias para melhorar a utilização da água e desenvolvimento sustentável do município.

O Rio da Prata é um importante afluente do Rio Paracatu, que por sua vez é o maior afluente do Rio São Francisco.

A iniciativa faz parte do Programa Restaurar, estruturado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas). O estudo vai detalhar a disponibilidade hídrica superficial, o uso e ocupação do solo e as unidades de paisagem.

De acordo com o gerente do Sebrae Minas, Marcos Geraldo Alves, ações de revitalização da bacia hidrográfica devem ser sugeridas a partir do resultado do levantamento.

“Entendemos que a água influencia em todos os segmentos da sociedade, passando não só pela agropecuária, mas também pela estrutura das cidades, a fim de mitigar os impactos ambientais e melhorar a gestão hídrica da bacia”, disse Alves.

Além do Sebrae, o diagnóstico é uma proposta da Prefeitura, com apoio da Associação dos Produtores Rurais e Irrigantes do Noroeste de Minas Gerais (Irriganor), Governo de Minas Gerais, Câmara de Presidente Olegário e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Rio da Prata

O Rio da Prata é um dos principais afluentes do Rio Paracatu, que por sua vez é o maior afluente do Rio São Francisco, contribuindo com cerca de 40% da vazão do “Velho Chico”. O Rio da Prata do município de Presidente Olegário e tem sua foz no município de João Pinheiro, sendo muito importante para a agropecuária da região.

Colaborou Paulo Barbosa G1.

Uma resposta

  1. Gostaria de deixar meu pedido pelo quê tenho visto a nascente bem como as margens prescisando de muito plantio de árvores principalmente frutífera!!fica meu pedido também a liberação da pesca para todos moradores das margens do Rio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP