Dr. Ronan Camilo emite nota sobre morte de bebê no hospital de Presidente Olegário

Médico acionou o Pohoje na noite desta terça-feira (16). Caso será investigado.

Um bebê morreu nesta terça-feira (16), no Hospital Municipal Darci José Fernandes em Presidente Olegário.  O Pohoje foi acionado exclusivo pela avó do garoto, mas a direção do hospital não se manifestou sobre o caso.  Clique aqui e leia a reportagem.

O médico Dr. Ronam Camilo dos Santos fez contato com a redação do Pohoje para emitir uma nota sobre a acusação da família.

Leia a nota emitida pelo médico Dr. Ronam Camilo Santos que atendeu a criança

Com relação ao óbito intra útero da gestante Esteffane Daniele Silva , eu,  o médico Ronan Camilo Santos (Especialista em Ginecologia Obstetrícia) emito os seguintes comentários.

  • – A gestação referida, baseada em exame utrassongráfico, estaria hoje (16/01/2018) com 36 semanas e não no 9º mês como o noticiado, portanto final do 8º mês de gravidez e com risco de prematuri
  • – A referida paciente veio hoje para o pré natal no ambulatório (não no hospital) sem sinais clínicos de trabalho de parto e referindo que a criança não mexia; ao ser avaliada foi detectado ausência de batimentos cardíacos e solicitado USG que confirmou o óbito
  • – Todo óbito fetal é investigado e somente a necropsia poderá identificar a “causa mortis” .
  • – A gestante foi encaminhada ao Hospital Regional apos vaga.ser liberad a via SUS Fácil. Portanto não houve parto no Hospital Municipal como noticiado pela
  • – Estou ciente que não cometi erro na conduta desse pré natal, pois segui o protocolo recomendado com profissional ismo e
  • – Entendo o sofrimento dos familiares da paciente diante do ocorrido e lamento o Não existe exame que possa prever se um óbito intra útero irá ocorrer.
  • – Quanto ás possíveis implicações legais, as provas documentais mostrarão que agi com profissionalismo e ética, e que não cometi “erro médico’

           Ronan Camilo Santos 

           Médico

Clique aqui e leia a nota enviada ao Pohoje pelo médico

14 respostas

  1. Trabalho a quase quinze anos em Uti Neonatal na cidade de Patos de Minas,e já tivemos admissão de recém nascidos prematuros no qual foram atendidos e transportados pelo Doutor Ronan,e todas as vezes nós notamos e observamos o tamanho comprometimento com a vida do próximo,certas condutas e esforço somente poucos como ele fazem,Profissional que faz muito além do que lhe compete,eu sou prova do quão luta pela vida e o quão sofre quando não consegue salvar,devemos nos conter antes de ficar julgando.Nós profissionais da Saúde muitas vezes não conseguimos ser super heróis ou tão pouco fazer milagres embora muitas vezes é o que desejamos.Foram muitas vidas salvas que passaram pela mão dele,infelizmente obItos existem!!!!

    1. Sim, óbitos existem sim, mas é real a negligência do atendimento da paciente, afinal a mesma foi várias vezes procurar atendimento sentindo dores e nenhuma providência foi tomada, o fato é que devería-se ter feito exames nos dias e só foi feito uma semana depois.

  2. Profissionalismo? neste caso nao houve nenhum. Outros casos foram relatados “doutor” Espero que a justiça seja feita e que este “profissional” seja punido rigorosamente. A promotoria e o CRM vao avaliar , aguarde “doutor”

    1. Falar é muito fácil , prinpalmente quando não se entende do assunto , com certeza o doutor Ronan fez tudo que estava ao seu alcance , pois sua índole já está aprovada , afinal são anos e anos prestando serviço ao cidadão Olegariense . Com certeza fez o possível para salvar mais uma vida !

  3. Eu particulamente ñ tenho nem uma queixa contra o médico. Todas as vezes q fui atendida por ele me tratou com com ética e profissionalismo. Agora q o hospital ta precisando de uma boa administração isto ta na cara. Aquele aparelho de ultrassom pode é jogar fora. Fui fazer ultra-som e o médico tem q ficar perguntado o q tem para emitir laudo. Ñ visualiza meu ovário direito q ja foi retirado e perguntava se eu ja tinha feito laqueadura .Eu com a visicula calculosa perguntou-me se eu tinha retirado a visicula. E manda colocar no laudo o q o paciente vai relatando. A chefe Veronica se depender dela todos q chega ali morre, pois até q agi …fora q o hospital ta uma vergonha. Quando fui fazer umas reclamações foi me falar sobre locais q trabalhou e títulos rsrsrs mas de administração ñ entende é de nada. estamos precisando é de pessoas experientes e ñ de diploma nas paredes. Acorda dona Veronica fica mais esperta. Hospital ñ tem q economizar material ñ. Vai nos banheiros ñ tem nem papel higiênico…economia de aquário e sabão e sinal de porcaria. É hospital tem q ser tudo muito limpo. Pede aparelhos novos como RX e para fazer ultra-som. Pois os BB ta quase nascendo e ñ sabe o sexo do BB. Depois culpa só os médicos. Minha amiga Stefane meus sentimentos.Sinto muito pela perda do BB. Muito triste. Mas Deus vai confortar seu coração.

  4. Somente depois de ouvir as duas partes
    Poderemos julgar alguém.
    Caso muito delicado…
    Mas se constatado erro médico a punição
    Terá que ser a mais rigorosa possível..

  5. Ja trabalhei no hospital e conheco a indole do doutor ronam gente boa honesto comprometido com a vida. E fatalidades acontece toda hora , com todos noz intao vamus aguadar os laudo e parar de condenar o doutor pq as pessoas q mais julga ele sao as q mais vai la no pronto socorro incomodar ele com atestado e olhar exame. Sinto muito pela familia

  6. Eu todas as vezes fui bem atendida por ele.Como sou amiga da família sinto muito pelo ocorrido. Esperar p ver o resultado é muito triste mas acredito na ética e profissionalismo do Dr.Ronan. Sinto muito mesmo amiga. Fatalidades acontece ?

  7. as pessoas que não entendem de nada são justamente as que mais dão palpites errados.É incrivel. Dão palpites na administração A, na administração B, sabem de tudo, da vida de todo mundo e apontam defeitos, … como apontam defeitos.Felizmente, existem dois ouvidos, um pra entrar palpite errado e outro pra sair.

  8. assim e nosso brasil vergonhoso, o fato de que a mãe ter se queixado de dor e ido varias vezes ou hospital não queria dizer nada, e o dr receitar paracetamol para a dor só mostra o tao “competente” e este medico. o pior e querê dizer que 36 semanas ou 8 meses não são 9 meses????…. esta e a desculpa dele que a família deu informações errada a imprensa sobre a gestação???? (Não existe exame que possa prever se um óbito intra útero irá ocorrer.) este para mim foi o fim da picada não sei se poderia nem chamar um cara este de medico. a mãe estava se queixando de dor e pedindo socorro…e ele não poderia prever que tinha algo errado com o bebe e medica paracetamol… o fato e que uma vida foi perdida por negligência medica não tem ser humano que vai para um hospital se acha que esta tudo bem ou se não estiver sentindo dor.

  9. concordo se tava na hora não importa quantas semanas, faz Cesária e deixa o BB na encubadora melhor do q esperar e acontecer isso, como já aconteceu várias vezes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP