Covid-19: PM e fiscais da Prefeitura impede luau e dispersa mais de 100 pessoas em Lagamar

A ação de fiscalização para barrar aglomerações interrompeu um luau neste sábado (17), no município de Lagamar, Noroeste de Minas.  O evento é proibido através de decreto. Clique aqui e leia o decreto. 

De acordo com o balanço das ações divulgada Vigilância Sanitária, o caso ocorreu em estrada rural na região da Cachoeirinha.

No local, havia a aglomeração e pessoas, fazendo uso de bebidas alcoólicas e sem nenhum tipo de proteção. Os eventos popularmente conhecidos como ” Luau ou Revoada”, são realizados de forma clandestina nas estradas vicinais do município. Mais 100 pessoas foram dispersadas do local pelos fiscais e Polícia Militar (PM), não ocorreu prisão.

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária. Luiz Batata, a aglomeração aconteceu, no mesmo dia que o município registrou 13 novos casos positivos da doença, o que é um salto muito grande e um sinal de alerta.

--- Continua depois da publicidade ---

“A população, na maioria jovem, ainda assim, insistem na realização desses tipos de eventos. A fiscalização vai intensificar ainda mais  a fiscalização, diante do aumento expressivo de casos confirmados no município de Lagamar” disse o coordenador Luiz Batata.

Casos Covid-19

O município tem 409 casos confirmados de coronavírus, 371 pacientes estão curados da doença e foram liberados do isolamento. Vinte e sete pacientes testados positivos estão em isolamento domiciliar  e tem 11 óbitos confirmados.

Vacina

Até o fechamento da reportagem, Lagamar vacinou 3.378 pessoas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 1.404 com a segunda dose e/ou dose única.  De acordo com os dados do Vacinômetro do Governo de Minas e do Ministério da Saúde.

Um comentário em “Covid-19: PM e fiscais da Prefeitura impede luau e dispersa mais de 100 pessoas em Lagamar

  1. No Po também tá rolando solto e não tem fiscalização, tá do mesmo jeito em chácara o pau quebrando tendo festa até amanhecer o dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cofe