Caso de traição vai parar na polícia, mulher de 43 anos diz que foi forçada a trair o marido após ameaças e jovem nega

Um caso de traição foi parar na Polícia em Presidente Olegário. A história aconteceu nesta quarta-feira (10), a mulher e um jovem de 18 anos, foram levados para a delegacia.

De acordo com a ocorrência da Policia Militar, a guarnição foi acionada e a mulher de 43 anos, disse que um jovem que conheceu em grupo de WhatsApp ameaçou matar ela, os filhos e o marido caso a mesma não tivesse relação sexual com ele.

Segundo a ocorrência policial a mulher e o jovem se conheceram pelo grupo de WhatsApp e passaram a trocar mensagens em modo privado, nesta quarta-feira (10), a mulher cedeu as ameaças e teve relação sexual com o jovem.

Ainda segundo a ocorrência a mulher resolveu contar para o marido e o mesmo acionou a polícia, que localizou o jovem na Praça Dona Deija, ele a mulher foram levados para a Delegacia da Polícia Civil.

O jovem negou os fatos narrados, e disse a PM que desde segunda feira,8, esta se encontrando com a mulher e que em todos os encontros são com sua permissão inclusive em todos eles mantiveram relação sexual. “Ela dizia o tempo todo que estava separando do seu marido e poderia seguir sua vida com ele” relatou o jovem pra polícia.

A PM apreendeu o aparelho celular do jovem, sendo que o mesmo disse que no aparelho tem conversa e vídeos de ambos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *