Prefeitura vai construir desvio provisório na MG -354, interditada  após temporal em Presidente Olegário

Novo afundamento de asfalto nesta quarta-feira (12)

Um desvio provisório será construído na MG -354 Porfírio Rodrigues Rosa, entre Presidente Olegário e Patos de Minas,  de acordo com o prefeito sargento Rhenys Cambraia. A região está sendo castigada por fortes chuvas.

A rodovia foi interditada pela Polícia Militar Rodoviária (PMR), na segunda-feira (10)  e desde então encontrava-se totalmente interditada. O tráfego de veículos continua interrompido no local.

Até o fechamento da reportagem o Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais (DER-MG) e a Polícia Militar Rodoviária não tinha previsão para liberação da rodovia. 

O trecho interditado da via é do km 152 até o km 156, o primeiro afundamento do asfalto ocorreu na segunda-feira (10), e hoje no km 152 o asfalto afundou e criou uma cratera. 

--- Continua depois da publicidade ---

O prefeito de Presidente Olegário sargento Rhenys Cambraia disse ao Pohoje nesta quarta-feira (12), que a Prefeitura que um desvio provisório  será construído na MG-354, em uma estrada de terra.

“A estrada de terra está com muita água, hoje uma retro atolou-la, mas vamos continuar o dreno  e posteriormente iniciar a construção do desvio com pedra e cascalho. Objetivo é dar condição de tráfego para os veículos leves assim que possível” disse o prefeito sargento Rhenys Cambraia.

O comandante do 1º Pelotão Rodoviário da 10ª Companhia, tenente Mákson César em entrevista a Rádio Regional FM sobre a interdição. Veja aqui. 

A LMG-726 que liga Presidente Olegário ao Distrito de Galena, rodovia de terra tem vários pontos de deslizamento de terra, atoleiros e as pontes sobre o rios da Prata e Salitre estão submersas devido ao grande volume de água.   O DER – MG monitora a via. 

Rotas alternativas

De acordo com DER – MG -, no momento a opção de tráfego entre Patos de Minas e Presidente Olegário será por meio de desvio, a partir de Patos de Minas, pela MGC-354, depois seguindo pela BR-365, MG-188, passando por Coromandel, segundo até a MGC-354, passando por Vazante e depois chegando a Presidente Olegário. A indicação atende aos dois sentidos de deslocamento.

A Prefeitura de Presidente Olegário orienta aos usuários não usar como rota alternativa estradas de terras na região das Três Barras, Ponte Grande e Tiririca; uma vez que as vias não são seguras, devido o registro de vários de atoleiros.

Empresas de Ônibus suspenderam o transporte na região

As empresas de ônibus de Patos de Minas que fazem o transporte de passageiros intermunicipal suspenderam o transporte devido a interdição da MG -354.

O transporte de Patos de Minas passando por Presidente Olegário, e com destino as cidades de Vazante, Lagamar, Paracatu, João Pinheiro e Brasilândia de Minas não está operando e vice-versa.

Já as linhas de Patos de Minas a Brasília e Unaí; via Paracatu estão operando com trajeto desviado para a cidade de Coromandel, com isso há um acréscimo de 1h30min, e vice-versa.

De acordo com a Estação de Tratamento de Água “ETA” da Copasa – MG – nas últimas horas em Presidente Olegário choveu 18 milímetros (mm), no acumulado nestes primeiros onze dias de 2022 foram 668,2.

3 comentários em “Prefeitura vai construir desvio provisório na MG -354, interditada  após temporal em Presidente Olegário

  1. Tem que ser feito urgentemente, pois se formos esperar pelo DER, só daqui 20 anos, o prefeito de Presidente Olegário deveria reunir com Lagamar , Lagoa Grande, Vazante, para juntos fizesse os desvios necessários e solicitasse ao Governo de MG providências urgentes pois a estrada beneficia várias cidades, juntos so.os mais fortes. Toninho disse

  2. E um tal de reunião de prefeito com diretores do DER, com vice governador, é coronel palpiteiro falastrão que adora aparecer dando pitaco que não serve pra nada,reunião reunião reunião… e nada de solução real sai dessas tais reuniões.
    Custa dinheiro essas reuniões, é cafezinho, combustível,assessores, motoristas, segurança etc. E nada… se fosse para colocar radares caça níquel ou para onerar o contribuinte com tributação ja estaria funcionando perfeitamente. Fica nós com cara de babaca esperando que liberem a pista e nada…A vah.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cofe