Polícia Militar prende dois suspeitos de matar comerciante a tiros durante assalto a mercearia no Distrito de Santiago de Minas

Polícia faz buscas para localizar o terceiro ladrão.

A Polícia Militar (PM) prendeu na noite deste sábado (18) um suspeito e outro na tarde deste domingo (19), por participação em assalto a uma mercearia em Santiago de Minas, distrito de Presidente Olegário que terminou com a morte do comerciante, de 47 anos.

Segundo a  Polícia Militar foi acionada a comparecer no Distrito de Santiago de Minas, onde uma vítima de 24 anos noticiou um roubo ocorrido no local.

A vítima relatou aos militares foi acordado por volta das 22h20min deste sábado (18), por 3 indivíduos, sendo um deles armado com uma arma tipo pistola cromada, exigindo dinheiro e objetos de valores, sendo entregue a eles R$950,00(novecentos e cinquenta reais). Ele teve suas mãos amarradas e colocado dentro do banheiro da casa, e, em ato contínuo, os autores arrombaram a porta do quarto de seu patrão, uma outra vítima de 47 anos.

O autor exigiu do proprietário da mercearia que ele abrisse o cofre, do qual foi subtraído R$2.000,00(dois mil reais), tendo os autores também amarrado as mãos da segunda vítima, colocando-a no banheiro juntamente com a primeira.

Os autores prosseguiram revirando a casa em busca de armas e mais dinheiro. Em dado momento a segunda vítima, o homem de 47 anos, se desvencilhou das amarras e entrou em luta corporal com um dos autores utilizando-se de um rodo. Momento que outro autor ao perceber a situação, efetuou vários disparos contra a vítima, vindo a atingi-lo diversas vezes. Um dos disparos atingiu também raspão a vítima que estava amarrada, porém, neste envolvido a lesão foi superficial.

Os ladrões saíram da casa e entraram em um Fiat Uno cinza e evadiram do local. De posse das características e informações repassados pelas testemunhas e vítima, as equipes policiais iniciaram rastreamento com intuito de localizar os autores, tendo uma equipe policial visualizado três indivíduos já no perímetro urbano de Patos de Minas, que ao perceberem a presença da viatura policial desobedeceram as ordens dos militares e abandonaram uma mochila de cor preta com diversos pertences e dinheiro subtraídos das vítimas, e adentraram em uma plantação de soja, tomando rumo ignorado.

Ainda durante o rastreamento, uma equipe policial abordou um indivíduo próximo ao centro de convenções do UNIPAM, sendo ele reconhecido como um dos autores, e o veículo Fiat Uno também foi localizado próximo ao local onde o autor foi preso.

Os militares continuaram as buscas e neste domingo (19), conseguiu prender mais um suspeito. A prisão aconteceu no residencial Andrezina Pinheiro, em Presidente Olegário.

Eles foram conduzidos para Delegacia da Polícia Civil de Plantão juntamente com o material roubado apreendido. Os militares continuam com as diligências para prender o terceiro ladrão.

Carlos Inácio de Oliveira “Carlúcio”, de 47 anos, natural de São Paulo/SP não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. Após os trabalhos da perícia técnica da Polícia Civil, o corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML – pelo Serviço Funerário São Vicente de Paulo.

O corpo de “Carlúcio” foi sepultado no início da noite deste domingo (19), no Cemitério de Santiago de Minas. 

A Polícia Militar realiza diligências a fim de localizar os outros dois autores do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Sobre o fato registrado na noite deste sábado (18/3) na zona rural, em Presidente Olegário, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), assim que acionada, requisitou a presença da perícia ao local para coletar os elementos que irão subsidiar a investigação. A ocorrência encontra-se em andamento com a Polícia Militar e, tão logo seja possível, mais informações serão fornecidas.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP