Mulheres são presas por injúria em bar no bairro Aeroporto; vítima diz ter sido chamada de ‘preta’ 

Elas foram autuadas e encaminhadas para o presídio de Presidente Olegário.

Um bar no bairro Aeroporto em Presidente Olegário foi palco de injúria racial na noite deste domingo (30). A situação terminou com a prisão em flagrante de duas mulheres autoras das ofensas.

De acordo a ocorrência policial registrada pela Polícia Militar (PM), o caso aconteceu por volta das 20h10, no estabelecimento que fica na rua Presidente Juscelino.

A vítima, de 32 anos,  que é funcionária do bar, relatou ao militares que trabalha no bar como garçonete, e que a autora, de 37 anos, começou a esbarrar nela propositalmente, passando a lhe xingar de “preta”, dizendo que ela era obrigada a lhe servir.

Segundo a vítima, pediu para autora parar, momento que uma outra cliente de 22 anos, começou a dizer que ela era obrigada a servir a colega mesmo. 

Ainda de acordo com a ocorrência policial, testemunhas no estabelecimento relataram que presenciaram as autoras xingando a garçonete de preta e dizendo que ela era obrigada a servi-lás.

Diante dos relatos, as duas mulheres foram presas e encaminhadas para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil. A ocorrência foi registrada como injúria.

A Polícia Civil, disse que as autoras foram autuadas e encaminhadas para o presídio de Presidente Olegário onde ficam a disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP