Mulher tem fratura exposta na perna após acidente entre carro e biz

Uma mulher, de 27 anos, ficou ferida em um acidente entre uma motocicleta e um carro, na manhã desta terça-feira (14), na divisa dos bairros Aeroporto e Planalto, em Presidente Olegário.

Segundo o cabo Alves, Eliene Silva, 27 anos, conduzia uma Honda Biz placa de Patos de Minas),  na Rua Pimpim Moreira, sentido centro e o Honda/Fit (placas de João Pinheiro), trafegava pela Rua Matadouro, sentido Planalto, por motivos a serem esclarecidos, houve a colisão.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi socorrida até o Hospital Municipal Darci José Fernandes e posteriormente encaminhada para o Hospital Regional Antônio Dias na cidade Patos de Minas com fratura exposta na perna direita e trauma em membro inferior direito. A condutora do Honda/Fit, Sílvia Aparecida Silveira, não teve ferimentos.

Ainda segundo a Polícia Militar a condutora da Honda/Biz não tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Foi confeccionada a infração pro falta de habilitação e como os veículos estavam devidamente licenciados foram liberados.

No local a sinalização é precária e moradores cobram da Secretaria de Obras e Serviços Públicos a sinalização. O Pohoje fez contato com o setor e até o fechamento da reportagem não obteve resposta.

3 comentários em “Mulher tem fratura exposta na perna após acidente entre carro e biz

  1. O que tem de gente andando sem carteira em Presidente Olegário nao tá escrito, já passou da hora da PM fazer blitz, não uma vez por ano. Mas diariamente..

  2. Sem cnh provoca acidente o carro liberado ,outra coisa culpa é falta sinalização ,se tivesse cnh poderia saber os riscos de má visibilidade, ainda mora em João Pinheiro com certeza esta indo e vindo sem cnh

  3. A moça não está certa , mais se tiver carteira vai escapar do acidente, a sinalização péssima acontece isso , quem é da cidade conhece, prefeitura tá passando da hora de toma providências, deve tá esperando é um processo, é não é só essa esquina desse jeito é várias, prefeitura mais responsabilidade com cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *