Menina de 3 anos que sofreu queimaduras deixa o hospital após 5 dias; babá suspeita é investigada

Polícia Civil instaurou procedimento para apurar crime de maus-tratos.

Uma menina de 3 anos de idade que sofreu várias queimaduras na cidade de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, deixou o Hospital Regional Antônio Dias na tarde desta quinta-feira (3). A informação foi confirmada pela mãe, Priscila Alves Oliveira. Em nota, a Polícia Civil informou que instaurou um procedimento para apurar a ocorrência de maus-tratos. O caso é investigado pela 2ª Delegacia do município.

A criança estava internada há cinco dias na unidade hospitalar, após a mãe ter denunciado que os ferimentos foram feitos pela babá da criança, de 27 anos, natural do município de Presidente Olegário e reside em Patos de Minas. A cuidadora negou.

De acordo com a mãe da criança, havia a possibilidade da menina precisar passar por cirurgia nos pés, mas segundo a genitora o procedimento cirúrgico não será necessário. Uma nova avaliação foi agendada para o dia 27 de março.  

Versões – Mãe

A criança foi internada no Hospital Regional Antônio Dias ao apresentar queimaduras de 2º grau pelo corpo. Os ferimentos foram constatados na última sexta-feira (25) pela mãe da menina após ela chegar da casa da babá.

Segundo a Polícia Militar (PM), os militares foram acionados pelo Conselho Tutelar no sábado (26). Um dos conselheiros que acompanhava o caso na unidade de saúde relatou que a vítima apresentava queimadura nas nádegas em formato de “V”, parecida com o formato de um ferro elétrico.

Criança

De acordo com a PM, durante conversa com a mãe, a criança disse apenas que “aquela mulher é muito má, ela me queimou com o ferro”. A jovem então tentou conversar mais com a filha para descobrir o que havia ocorrido, porém, a menina não conseguiu explicar qual tipo de instrumento havia sido usado e não passou mais detalhes.

Babá

Os militares então se dirigiram até a casa da babá, que confirmou ter ficado com a criança no dia anterior, mas negou a agressão. Segundo ela, não percebeu se a menina estava com ferimentos no rosto quando chegou, pois, estava ocupada com o filho de 8 meses que estava com febre.

Conforme a ocorrência, a jovem também afirmou que a vítima brincava no quintal da casa com outro filho dela, de 2 anos. Pouco depois, ela percebeu que a criança mancava e notou que os pés estavam queimados e o rosto machucado. 

A babá disse que questionou a criança sobre os machucados no rosto e ela afirmou que havia se ferido no carro. Quanto às queimaduras, a jovem contou que a menina pisou em alguns ferros expostos ao calor e sol e que, possivelmente, estavam aquecidos.

Ainda de acordo com a PM, sobre as demais crianças com pomadas nas costas, os conselheiros tutelares não encontraram nenhuma lesão nos 4 filhos da babá. A jovem não foi presa devido à ausência de flagrante.

Nota da Polícia Civil de Minas Gerais

Em relação aos fatos registrados no dia 26 de fevereiro, em Patos de Minas, a Polícia Civil de Minas Gerais instaurou um procedimento investigativo para apurar o suposto crime de maus-tratos praticados contra uma criança de 3 anos. 

As investigações estão em andamento para buscar a completa elucidação dos fatos e demais informações serão prestadas, em momento oportuno, para não comprometer o andamento do feito. 

Fonte: Paulo Barbosa/G1 Triangulo

Leia mais: Mãe denuncia babá natural de Presidente Olegário após filha aparecer com queimaduras: ‘Mulher muito má’, disse criança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP