Jovem e um menor são detidos após roubo de R$ 2,4 mil e agressão a idoso

Deivid Samuel Bernardino Oliveira preso pela PM

Um jovem de 18 anos e um menor de 16 anos, foram detidos em Lagoa Grande após roubarem e agredirem um idoso de 61 anos, por volta das 6h30min desta terça-feira (25) pela Polícia Militar (PM).

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu no centro de Lagoa Grande. O trio encapuzado e armado com um revólver bateu na porta da casa da vítima e o chamou por nome, ao abrir a porta ele foi rendido pelos assaltantes.

O comandante do Destacamento PM, sargento Mário, disse que o idoso foi amarrado  com um fio de carregador de celular e agredido durante a ação criminosa.

Os ladrões levaram R$ 2.420 em dinheiro, um celular, uma bicicleta e um aparelho de som  da vítima.

O idoso conseguiu se soltar e um vizinho acionou a Polícia Militar. Um outro vizinho contou a PM que viu quando um dos assaltantes deixou a  bicicleta em lote vago, diante da informação a PM recuperou a mesma e conseguiu localizar e deter Deivid Samuel Bernardino Oliveira, 18 anos, natural de João Pinheiro, e um menor de 16 anos, natural de Paracatu. Eles foram reconhecidos por testemunhas e vítima.

Um terceiro assaltante Felipe da Silva Monteiro de 21 anos, natural de João Pinheiro conseguiu fugir da polícia. A PM acredita que ele fugiu com dinheiro e a arma usada no crime.

De acordo com a Polícia Militar todos os envolvidos tem diversas passagens pela polícia, o menor de 16 anos, nos últimos dias foi apreendido pelo menos 4 vezes por roubo no município de Lagoa Grande.

A bicicleta recuperada será ressarcida ao proprietário e os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil.

O delegado da Polícia Civil, Dr. Vinicíus Volf Vaz, disse que o Deivid foi autuado e levado para o presídio de Presidente Olegário. Já o menor de 16 anos, foi apresentado ao Ministério Público que deverá pedir ou não sua internação.

A vítima foi levada para o Hospital Municipal da cidade para atendimento médico.

Deivid Samuel Bernardino Oliveira preso pela PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *