Jovem é preso após matar homem a facadas durante roubo em Lagoa Grande

Delegado da Polí­cia Civil ratificou o flagrante para latrocínio "roubo seguido de morte".

Um jovem de 18 anos, foi preso neste domingo (16) suspeito de matar um homem, de 54 anos, a facadas durante um assalto na casa dele em Lagoa Grande, Noroeste de Minas. Segundo a Polícia Militar (PM), os crimes ocorreram na madrugada do mesmo dia. 

O irmão da vítima a encontrou caída no chão da cozinha da casa, localizada na Rua Joaquim Galvão, bairro Céu Azul e acionou a PM. No local, os militares encontraram a faca usada para cometer o crime no chão próxima ao corpo da ví­tima.

Após diligências a PM iniciou rastreamento e com apoio de militares que estavam de folga, localizaram Misael da Silva Basílio “Surubim”, 18 anos, natural de Flores de Goias/GO e residente em Lagoa Grande/MG, atrás de um ônibus próximo a uma vegetação, e em suas vestes tinham marcas de sangue. 

Os militares indagaram a cerca do sangue e o autor confessou a autoria do crime contra a vítima Irineu Coelho de Jesus, 54 anos, natural de Unaí­/MG e residente em Lagoa Grande. 

Aos militares ele disse, que havia entrado na casa por uma janela e foi flagrado pela ví­tima, que segurava uma foice e tentou ataca-lo. Neste momento, ele correu até a cozinha, pegou uma faca e golpeou o homem com golpes no pescoço, pegou o celular da vítima que estava carregando e fugiu. O celular da ví­tima não foi localizado.

O jovem Misael da Silva Basí­lio “Surubim” foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polí­cia Civil de Plantão juntamente com a faca apreendida.

Após ouvir “Surubim”, o delegado da Polí­cia Civil Dr. Wander Souza, ratificou o flagrante para latrocínio “roubo seguido de morte” e o encaminho uma unidade prisional, onde está a disposição da Justiça. Ele tem passagens pelos crimes de tráfico de drogas e furto.

A perícia técnica da Polí­cia Civil esteve no local do crime e realizou os trabalhos de praxe. O corpo de Irineu Coelho de Jesus, 54 anos, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML de Patos de Minas – para necropsia, e posteriormente liberado para velório e sepultamento que aconteceu na manhã desta segunda-feira (17), no Cemitério M. de Lagoa Grande.

Fotos: Aislan Henrique/ e divulgação Polí­cia Militar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP