Jovem é assassinado a facadas após briga em Presidente Olegário

Crime aconteceu na madrugada deste domingo (19), no Bairro Santa Rita.PM prendeu autor e apreendeu um menor minutos depois.
Ví­tima Cleber Fernandes Amorim "Koreia"/Foto: Divulgação
Ví­tima Cleber Fernandes Amorim “Koreia”/Foto: Divulgação

Cleber Fernandes de Amorim “Koreia” de 20 anos, foi morto com duas facadas no no Bairro Santa Rita, em Presidente Olegário, neste domingo (19). Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu pela madrugada.

O suspeito de cometer o crime, de 18  anos, Joel Davi de Souza foi preso em flagrante por policiais militares, no local do crime, minutos após o homicídio. A PM também apreendeu um menor de 16 anos.

Segundo sargento Tavares ocorreu uma briga entre a vítima e o autor. Sendo que “Koreia” levou um golpe de faca no peito e outro no braço. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal Darci Fernandes e não resistiu.

Ainda segundo a Polícia Militar Joel Davi de Souza confessou o crime e o menor disse a PM que escondeu a arma usada no crime e lavou a mesma. O autor, menor e a arma foram encaminhados para Delegacia da Polícia Civil.

O corpo de Cleber Fernandes de Amorim foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Patos de Minas.

A PM informou que a ví­tima não tem passagem pela polícia. Joel Davi tem uma passagem por trânsito e o menor de 16 anos nenhuma passagem.

Joel Davi de Souza confessou o crime e foi preso em flagrante pela PM/Foto: Divulgação Polícia Militar
Joel Davi de Souza confessou o crime e foi preso em flagrante pela PM/Foto: Divulgação Polícia Militar
Arma usada no crime, menor apreendido e Joel Davi de Souza que confessou o homicí­dio/Foto: Divulgação Polí­cia Militar
Arma usada no crime, menor apreendido e Joel Davi de Souza que confessou o homicí­dio/Foto: Divulgação Polí­cia Militar

 

9 respostas

  1. Policia Militar atuou bem prendeu em flagrantes. Agora como escreveram nos comentários anterior a este as Leis ajuda o jovem que ceifou a vida do outro já ganha as ruas

  2. Sem entender. Geralmente os homicídios os envolvidos sempre tem passagem e neste pelo jeito eram amigos e após briga discussão deu nisso. Deus conforte a todos.

  3. Quem morreu tá preso, o assassino será liberrado em breve pois o inocente é réu primário. Todos os brasileiros têm direito de matar uma pessoa sem ser preso. Infelizmente está é a nossa lei, a lei que só serve para defender bandidos e políticos corruptos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP