Empresa de fertilizantes assina protocolo de intenção para investir R$ 2,4 bilhões em Presidente Olegário e gerar mais de 1,5 mil empregos

60% da jazida de fosfato fica em Presidente Olegário e 40% no município de Patos de Minas.
Foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG
Foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG

Um protocolo de intenção para investimento de R$ 2,4 bilhões da empresa de fertilizantes Terra Brasil em Presidente Olegário foi assinado entre a empresa e o governo de Minas Gerais nesta quarta-feira (2).

A jazida descoberta entre os municípios de Presidente Olegário e Patos de Minas na região da Cascata na fazenda Capoeirão com 1,6 mil hectares é a maior de Minas Gerais e está entre as maiores do paí­s. Sendo 60% no municí­pio de Presidente Olegário e 40% em Patos de Minas.

A empresa Terra Brasil vai fazer a extração de fosfato, potássio, titânio e terras raras. O início da implantação esta previsto para janeiro de 2025 e o começo das operaçõees para janeiro de 2027.

O governador de Minas Gerais Romeu Zema comemorou o investimento é importante e vai acompanhar de perto cada investimento que chega em Minas Gerais. Essa diversificação da economia é fator importantí­ssimo para alavancar o desenvolvimento, fomentando cada vez mais a geração de emprego e rendae, reforça o governador Romeu Zema.

Além dos municí­pios envolvidos serem beneficiados com aumento da arrecadação de recursos tributários, a estimativa é de que sejam gerados 250 empregos diretos e 1,3 mil indiretos, totalizando 1.550 pessoas empregadas.

O segmento agrí­cola também terá acesso a insumos e fertilizantes a custos mais competitivos. Atualmente, cerca de 60% do mercado de fertilizantes utilizado no Brasil é importado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP