DER inicia obra de recuperação da MG -354 em Presidente Olegário, interditada há 54 dias

Interdição foi parar na Justiça com uma Ação Civil do Ministério Público.

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) iniciou, as obras de recuperação da MG-354 Porfírio Pereira Rosa, nos quilômetros 152 e 153; na via entre Presidente Olegário e Patos de Minas. Devido as chuvas a rodovia está totalmente interditada desde 10 de janeiro.

A interdição foi alvo de uma Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público através do promotor Dr. Bruno Rossi, para que o Governo de Minas faça melhorias no desvio construído e realize a recuperação do trecho.

O pedido de liminar foi protocolado no dia 24 de fevereiro, e aguarda despacho do juiz da Comarca de Presidente Olegário, Dr. Manoel Carlos de Gouveia Soares Neto. 

Coincidência ou não, após a Ação Civil Pública do MP que ainda não teve despacho, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) iniciou as obras de recuperação da rodovia após o feriado de carnaval que está interditada há 54 dias. 

O DER- MG emitiu nota sobre os serviços que sendo executados pelo órgão desde que a via está interditada. (Nota final da reportagem).  

Pedido de Liminar do Ministério Público

A Ação foi assinada pelo promotor de Justiça Dr. Bruno Rossi contra o  Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DERMG)  e a Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais. Clique aqui e leia o pedido do MP.

“A ação contra o DER-MG, é para que sejam executadas as obras de recuperação da pista interditada, bem como sejam feitas melhorias no desvio provisório”, disse Dr. Bruno Rossi ao Pohoje.

O Ministério Público pede à Justiça da Comarca de Presidente Olegário que conceda liminar determinando que o Governo de Minas através do DER – MG – apresente, em até 5 dias, melhorias no desvio com largura compatível para dar condições a trafegabilidade e monitoramento do fluxo (para e siga), 24h por dia, até conclusão da obra de recuperação no prazo de 90 dias. A decisão pode sair a qualquer momento. 

Trafegabilidade pelos desvios

Os motoristas que trafegam na rodovia MG-354, no sentido Presidente Olegário a Patos de Minas, utilizam o desvio executado pela Prefeitura (entra pelo km 152 – antiga cerâmica) e aqueles que se deslocam no sentido oposto, de Patos de Minas a Presidente Olegário, usam o desvio construído pelo DER – MG (entra no Km 153).

Nota do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG).

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), informa que as equipes de manutenção têm tomado as medidas necessárias, desde janeiro, após o fato ocorrido no quilômetro 153 da CMG-354, com o objetivo de garantir as condições de trafegabilidade na região. 

Há equipes mobilizadas na CMG-354, KM 153, desde a segunda quinzena de fevereiro. Em março, os trabalhos prosseguem com serviços preliminares de limpeza do local atingido pelas rupturas do corpo de aterro.

Estão sendo realizadas a remoção do material residual da ruptura, vegetação e árvores que faziam parte do terreno rompido, além do monitoramento das condições de tráfego da variante construída, realizando a sua manutenção sempre que necessário, para dar vazão ao fluxo de veículos na ligação entre Presidente Olegário e Patos de Minas.

Toda esta ação de limpeza do local é uma etapa preparatória, que obrigatoriamente antecede ao início da recomposição do aterro, que deverá tomar outra proporção a partir da conclusão total do estudo de sondagem que vai definir as cotas de escavação exatas para recuperação do trecho.

A expectativa é de que na próxima semana uma parte do estudo de sondagem seja concluído, o que permitirá a intensificação dos serviços preliminares e preparatórios do terreno. O andamento dos serviços tem sido possível em função das condições climáticas favoráveis.

Assessoria de Comunicação Social DER-MG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP