Com pedido de justiça, familiares e amigos vão fazer protesto após morte de jovem

Cleber Fernandes Amorim "Koreia" foi morto com golpes de faca no bairro Santa Rita.Autor do crime foi preso em flagrante e está¡ solto por decisão da Justiça.
Familiares do jovem Koreia com camisetas e um cartaz que vão usar no protesto
Familiares do jovem Koreia com camisetas e um cartaz que vão usar no protesto

Após a morte de Cleber Fernandes Amorim “Koreia”, de 19 anos, no dia 19 de junho, agredido com golpes de faca por outro jovem, familiares e amigos vão fazer um protesto em frente o Fórum de Presidente Olegário.

Segundo a parente de Koreia, Eva Fernandes, que tomou a inciativa o protesto será nesta quinta-feira (21), às 17h em frente ao Fórum Deiró Eunápio Borges e estenderá o ato com uma caminhada pelas principais ruas da cidade. O protesto pacífico será feito com faixas, camisetas e cartazes, eles vão clamar por Justiça para que o crime não fique impune.

“Não é so pela pela morte do Koreia é também pela violência que se espalhou por nossa cidade. Estamos perdendo nossas vidas, nossas famí­lias estamos de mãos atadas. Queremos que a justiça fique do nosso lado, pessoas de bem, não é só raiva e simplesmente indignação por ver tanta gente brincando com o vida do outro”, desabafou.

Ainda segundo a parente de Koreia, familiares e amigos não ficaram satisfeitos com decisão da Justiça de conceder liberdade provisória ao suspeito do crime.

O caso.

Cleber Fernandes de Amorim â”Koreia”, foi assassinado com dois golpes de faca após uma briga. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal Darci Fernandes e não resistiu. Segundo sargento Tavares, Joel Davi de Souza, preso em flagrante confessou o crime.

O assassinato ainda teve a participação de um menor de 16 anos que escondeu a faca utilizada no crime. O menor também está em liberdade.

O alvará de soltura foi concedido pelo juiz da Vara Criminal, Bruno Henrique Oliveira e publicado o Diário Oficial do Judiciário na quarta-feira (13).

Leia Mais

Jovem é assassinado a facadas após briga em Presidente Olegário.

Justiça concede liberdade provisória a suspeito de matar o jovem Koreia

Familiares do jovem Koreia com camisetas e um cartaz que vão usar no protesto
Familiares do jovem Koreia com camisetas e um cartaz que vão usar no protesto

 

6 respostas

  1. Infelizmente não é o juiz que é culpado e sim os senadores e deputados que não mudam as leis que só protege os criminosos inclusive eles próprios.

  2. Isso é uma vergonha,depois de confessar que matou ainda é solto ,francamente essa nossa justiça e uma vergonha.perdemos nossos entes queridos e temos que aceitar esse desrespeito com todos nós. Vejam essa senhorinha como está sofrendo a peRDA do neto !será que ninguém vê isso ?francamente esse nosso Brasil e mesmo um país sem respeito para com as pessoas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP