Cerca de 12 famílias são retiradas de casas por conta do risco de desabamento de casas em Presidente Olegário

A cidade de Presidente Olegário, registrou nesta segunda-feira (10), vários estragos provocados pela chuva que atinge o município. Alagamentos, inundações, afundamento de asfalto em ruas causaram sérios transtornos, e famílias tiveram que sair das residências devido ao risco de desabamento. Não teve feridos.

A chuva forte deixou a cidade tomada pela água. Durante todo o dia equipe da Prefeitura Municipal, circulou pela cidade para verificar os estragos e traçar estratégias para atender os atingidos. Nas últimas 24h choveu 200,5 mm. 

Na Rua Olímpio Clementino no bairro Planalto que foi interditada no último sábado (8) o asfalto cedeu e criou uma grande cratera. Já no bairro Andorinhas o muro de uma casa caiu inundando a residência na Rua Valdivino Tolentino, teve registro de deslizamento de terra em várias partes da cidade.

Cerca de 12 famílias deixaram suas residência devido ao risco de desabamento das casas nos bairros Aleixo Araújo, Américo Caetano e Planalto. Elas foram para casa de parentes e amigos.

--- Continua depois da publicidade ---

Foram registrados ainda danificação de pontes, interdição de trechos na zona rural, deslizamentos de terra, pontos de alagamento, transbordamento de rios, córregos e ribeirões. Na cidade a lagoa da entrada transbordou, há registros de pequenas represas que não suportaram o volume de água e romperam. 

As pontes que ficaram submersas nos rios da Prata e Salitre; córrego da bananeira e no Ribeirão Três Barras, sendo que a captação de água da Copasa foi paralisada e o fornecimento deverá ser normalizado na terça-feira, 11). Diante de uma ponte submersa, recomendação aos motoristas que mantenham a cautela, aguardem a redução do nível das águas e jamais façam a travessia nessas condições.

A MG -354 trecho entre Presidente Olegário e Patos de Minas foi interditada totalmente e não há previsão de liberação devido ao afundamento do asfalto na altura do km 153.

Sobre os estragos causados no município, o prefeito sargento Rhenys Cambraia, disse que a Prefeitura monitora a situação e auxilia os atingidos. 

Devido as fortes chuvas e estragos o prefeito de Presidente Olegário sargento Rhenys Cambraia decretou estado de emergência por 180 dias.

Fotos: Roberto Carlos Souza, Juarez Martins e divulgação Prefeitura

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cofe