Casos de dengue caem no mês de julho em Presidente Olegário, mas é cedo para comemorar, diz Vigilância

Apesar da queda no número confirmados de casos de dengue em Presidente Olegário nos primeiros 17 dias de julho, em comparação com o mesmo período do mês de junho, a Vigilância Epidemiológica diz que “ainda é cedo para comemorar”.

De acordo com os dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica foram registrados 7 casos neste mês de julho, contra 39 no mesmo período do mês de junho.

“Estamos em um momento de alerta, pois os números registrados de janeiro deste ano até o momento é muito alto, temos que intensificar a prevenção. Não queremos comemorar e correr o risco de baixar a guarda, temos que manter o trabalho de alerta e mobilização “, disse a coordenadora Vigilância Epidemiológica, Lara Fernandes Rodrigues.

Levantamento da Vigilância Epidemiológica mostra um índice alto de notificações e casos confirmados de dengue no município. De janeiro até o momento são 15562 notificados e 770 confirmados, os números coloca o município no índice alto da doença.  Em todo o ano de 2018, foram registrados 4 casos. No ano de 2016, um homem de 51 anos, morreu em Presidente Olegário devido a dengue. 

A setor de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura informou que, mesmo com o início do período de estiagem, as equipes de saúde vão continuar com as ações de combate e conscientização da população. O setor ainda pede a população para descartar lixo de maneira correta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *