Bandidos furtam caminhonete em Lagoa Grande e um deles morrem em confronto com a PM em João Pinheiro

Caso aconteceu no último final de semana
Cristiano Quintino da Silva, 27 anos, morto durante o confronto com a PM

Ação compartilhada entre a Polícia Militar de Lagoa Grande e João Pinheiro, Noroeste de Minas terminou com um criminoso morto em João Pinheiro no final de semana. 

De acordo com as investigações, na madrugada do dia (02/12), três bandidos armados com arma de fogo e uma faca, renderam o proprietário de uma distribuidora de bebidas no bairro Papagaio em João Pinheiro e roubaram um Honda Fit, que foi recuperado na cidade de Lagoa Grande no domingo (03/12), pela PM. 

Uma denuncia anônima relatou a PM que um dos autores roubo do veículo na distribuidora estava escondido em uma residência no bairro Itaipu em João Pinheiro. Diante da informação, os militares foram até o local e abordaram W.A.R, idade não divulgada em um lote vago e após troca de tiros ele fugiu e foi preso em outro lote.

Ele confessou a autoria do roubo aos militares e informou que ele e os comparsas roubaram o Honda Fit da distribuidora para praticar outro crime em Lagoa Grande, o qual contaria com comparsas daquela cidade, pois envolveria muito dinheiro. 

A informação foi repassada imediatamente à PM de Lagoa Grande, que logo retornou dando notícias de que, de fato, uma residência foi furtada. Os autores subiram no telhado da residência e a chave da caminhonete S10 estava na ignição e eles rebentaram o cadeado do portão e furtaram o veículo e vários produtos do estabelecimento comercial. O proprietário estava internado em um hospital na cidade de Patos de Minas. 

Com as informações obtidas a Polícia Militar montou cerco próximo ao Posto Ruralminas em João Pinheiro quando a referida caminhonete cruzou pela BR-040, momento que foi abordada e os ocupantes empreenderam fuga e parou o veículo repentinamente, sendo que o passageiro do lado direito abriu a porta e efetuou disparos de arma de fogo na direção da viatura.

Os policiais revidaram imediatamente a injusta agressção com tiros, sendo que três atingiram Cristiano Quintino da Silva, 27 anos, natural de João Pinheiro que faleceu no local, ao seu lado foi encontrado um revólver calibre .32 municiado com 6 cartuchos, dos quais 5 estavam deflagrados e 1 picotado e não deflagrado. Outros três assaltantes empreenderam fuga e não foram localizados. O perícia técnica foi acionada no local. O corpo de Cristiano foi encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML – de Paracatu onde passou por necropsia e foi liberado para sepultamento. 

O preso em João Pinheiro W.A.R, juntamente com os veículos roubados e furtados; e todo o material foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Plantão. Os militares envolvidos na ocorrência foram encaminhados ao quartel da PM.

Colaboraram: Nikolas JP Agora, Polícia Militar (Lagoa Grande, João Pinheiro e Presidente Olegário)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP