Alunos das escolas estaduais de Presidente Olegário, Ponte Firme e Galena retomam atividades presenciais na segunda (28)

Aulas presenciais estavam suspensas desde março de 2020.
Sala de aula na E.E. Presidente Vargas – Distrito de Galena -.

Estudantes do 1º ao 5º ano do ensino fundamental da rede estadual de ensino em Presidente Olegário vão voltar às aulas presenciais na próxima segunda-feira (28) em três escolas do município. As aulas presenciais estavam suspensas desde março de 2020, devido a pandemia da Covid-19.

Conforme decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) estão autorizadas a reabrir instituições, onde o município esteja na onda verde ou amarela do Minas Consciente.

O município de Presidente Olegário está na onda amarela, portanto o retorno é permitido. A direção dos educandários informou ao Pohoje que as escolas estão organizadas para o retorno as aulas, obedecendo os protocolos da Saúde.

A adesão às aulas presenciais não é obrigatória – as famílias têm autonomia para decidir, já que as atividades remotas vão continuar. O retorno é híbrido, com alunos nas escolas em uma semana e, na outra, em casa com aulas remotas. Não há limite máximo de estudantes por turma – o número depende do tamanho das salas de aula. As normas exigem distanciamento de 1,5 metro entre cada pessoa.

Na rede estadual em Presidente Olegário são 192 alunos matriculados do 1º ao 5º Ano do ensino fundamental, destes 80 os pais autorizaram o retorno presencial às aulas e 112 não tiveram liberação. Na Escola Estadual Farnese Maciel em Presidente Olegário, 57 voltam às aulas do 1º ao 5º Ano e 103 terão somente aulas remotas.

Em Ponte Firme, dos 22 alunos matriculados no 3º e 5º Ano na Escola Estadual de Ponte Firme 19 retornam as atividades presenciais, enquanto 3 não tiveram autorização dos pais e vão estudar através das aulas remotas. Já na Escola Estadual Presidente Vargas – Distrito de Galena – são 10 matriculados do 1º ao 5º Ano, quatro tiveram autorização dos familiares para retornarem às aulas e o restante terão aulas remotas.

Transporte Escolar 

Dos 80 alunos que vão retornar às aulas presenciais, 16 precisam do transporte escolar, sendo 3 estudantes da Escola Estadual Presidente Vargas no Distrito de Galena e 13 da Escola Estadual Farnese Maciel. O transporte será realizado pela Prefeitura de Presidente Olegário, assim que a licitação realizada esta semana for homologada pelo município.

As regras para o retorno das aulas presenciais:

  • disponibilizar dispenser com sabonete líquido, álcool gel, máscaras reutilizáveis, copos descartáveis, papel toalha, luvas e lixeiras com tampa e pedal.
  • as escolas adotem horários diferentes para entrada e saída de acordo com cada turma, de forma que os grupos não se encontrem.
  • o distanciamento mínimo entre alunos deve ser de 1,5 metro.
  • o retorno deve ser monitorado constantemente, para entender os impactos do retorno às aulas na situação epidemiológica.

Aulas serão suspensas, se houver casos de Covid-19

Quando tiver mais de um caso de aluno com diagnóstico confirmado de Covid-19 em uma mesma turma, todos os estudantes daquela sala deverão migrar para o ensino remoto.

Se houver mais de uma turma suspensa em um mesmo turno, todo o turno deve migrar para ensino remoto. Caso seja necessária suspensão de mais de um turno, toda a escola deverá migrar para ensino remoto temporariamente.

Vacinação

No município de Presidente Olegário até o fechamento da reportagem 364 trabalhadores da educação da rede municipal e estadual já foram vacinados com a primeira dose da vacina contra a Covid-19:

Rede Municipal 

O Pohoje questionou a Secretária Municipal de Educação, Nilda Borges sobre o retorno das aulas presenciais na rede municipal, mas até a publicação da reportagem não obteve resposta.

Leia mais:

Aulas são suspensas na rede estadual e municipal para prevenir contra coronavírus, em Presidente Olegário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP