Acusado de homicídio em Vazante é preso em Presidente Olegário

Corpo da vítima foi encontrado em estado de decomposição. Um outro suspeito foi preso em Vazante.
Local onde a vítima foi encontrada.

Um jovem de 20 anos procurado por um homicídio em Vazante, foi preso em Presidente Olegário, Noroeste de Minas nesta sexta-feira (3). A prisão aconteceu no bairro Andorinhas.

De acordo com a ocorrência policial, militares abordaram uma moto conduzida por um jovem, de 20 anos, no bairro Andorinhas durante a fiscalização foi encontrado em seu desfavor um mandado de prisão por homicídio na cidade de Vazante, sendo vítima Dyellisson Monteiro Santos Cortes, de 21 anos.

O jovem de 20 anos natural de Presidente Olegário, foi preso e a motocicleta apreendida devido a falta de equipamentos obrigatórios e o condutor não possuir Carteira Nacional de Habilitação – CNH -. Os militares também apreenderam um celular Iphone 7. O acusado e o material apreendido foi levado para a Delegacia da Polícia Civil, onde ficou à disposição da Justiça. 

Na quinta-feira (2), a Polícia Civil de Vazante já havia prendido um outro envolvido na morte de  Dyellisson Monteiro Santos Cortes. O mandado foi cumprido em desfavor de um jovem de 22 anos, ele é da cidade de Paracatu e tinha residência na cidade.

O crime.

O corpo da vítima Dyellisson Monteiro Santos Cortes, de 21 anos em estado de decomposição foi encontrado no dia 4 de janeiro de 2023, por pessoas que faziam caminhada na região de mata próxima à Capelinha e a torre de antenas de TV, área rural de Vazante. O jovem estava desaparecido há vários dias. 

Na ocasião, a Polícia Civil passou a acompanhar o caso e não descartava a hipótese homicídio, uma vez que o corpo estava com os pés amarrados. Posteriormente, o laudo pericial apontou duas perfurações na cabeça da vítima, provavelmente causadas por arma de fogo.

De acordo com o delegado da Polícia Civil André Luiz, a polícia descobriu durante as investigações que a vítima tinha sido levada em um veículo até o local, onde foi encontrada. Através de imagens gravadas por câmeras de segurança, no bairro Novo Horizonte e próximo esse local, foi possível identificar o veículo usado e chegar até seu proprietário. Duas pessoas foram apontadas como autores do crime.

A Polícia Civil ainda trabalha para saber se há outros envolvidos na morte de Dyellisson Monteiro, além dos dois acusados que já estão presos. A arma utilizada ainda não foi encontrada.

Colaborou:  Anderson Franque / Radio Montanheza FM 93.5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POHoje - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por KAMP